Um almoço executivo que vale a pena no Epice

Segunda feira é um dia que ficamos pensando onde iremos almoçar durante a semana. Felizmente, São Paulo tem contado com ótimos menus executivos, e de bom custo benefício ultimamente.
Provar o menu executivo de restaurantes famosos é uma ótima chance de conhecer a casa sem esfolar o bolso. A partir da primeira experiência, aí você decide se vale a pena ou não gastar um pouquinho (ou muito) mais para uma experiência à noite, com o cardápio regular da casa.

É totalmente diferente de ir nesses restaurantes durante a Restaurant Week, por exemplo. Durante as semanas do evento, os restaurantes ficam lotados de gente e muitas vezes não conseguem dar conta de atender o grande volume de pessoas. Além disso, para conseguir se encaixar no custo do evento, algumas casas servem porções diminutas de seus pratos. Ou fazem pratos que não estão no cardápio e nem nunca estariam. Um mico, muitas vezes.

Já o almoço executivo é bem diferente. É uma operação normal da casa, com fluxo esperado e em algumas vezes, com pratos que são servidos no menu regular da casa.
Além disso, é de total interesse do restaurante fidelizar aqueles clientes que lá estão. A chance de sucesso é bem maior, neste caso.

Aí na terça feira, dia 05 era meu aniversário, o maridão me convidou para almoçar e me deixou escolher o lugar. Mesmo sendo meu dia, já pensei logo em unir o útil ao agradável e conhecer um menu executivo de um restaurante bacana para contar para vocês aí no blog.

A minha escolha foi o Epice, do chef Alberto Landgraf. O restaurante foi recentemente premiado com uma estrela Michelin e sempre recebe excelentes críticas da mídia especializada. Eu tinha muita curiosidade de conhecer e tive a minha chance. Gostei muito!

O restaurante, pequeno, de 38 lugares, tem ambiente simples, mas elegante e mesas próximas umas das outras (evite falar sobre assuntos confidencias, rs). A fachada não é muito convidativa, com uma pesada porta de madeira fechada o tempo todo, mas é compreensível em tempos violentos em SP.

Uma vez dentro, aguardamos cerca de 10 minutos para sentar (era por volta das 13h30 e o restaurante só faz reservas pela internet, de um jeito super fácil e prático, até às 13h).
Esperamos no bar e enquanto isso, tomamos um Gonzaga, coquetel feito de cachaça, melaço de cana e ginger ale caseiro, servido em um pote super charmoso. Refrescante, pouco doce, amei! Só achei o coquetel um pouco caro, na faixa dos R$ 35.

Gonzaga, coquetel do Epice
Gonzaga, coquetel do Epice

O serviço é muito simpático, atencioso e profissional. Os garçons estão sempre atentos se você precisa de alguma coisa.

O menu executivo muda todos os dias, mas sempre inclui o couvert gratuito, que é composto por dois tipos de pães, manteiga, azeite e flor de sal. Os pães, feitos na casa, são super saborosos e quentinhos. Dá para ficar comendo vários…

O couvert, reposto sempre!
O couvert, reposto sempre!

São sempre duas opções de entrada, duas de principal e duas de sobremesa.

De entrada, fomos na deliciosa Abobrinha grelhada, barriga de porco curada e mostarda.

Epice - Abobrinha Menu Executivo - Magali ViajanteEstava sensacional! O prato em si já é lindo, mas além disso, era delicioso. Abobrinhas macias, barriga de porco em pequenos cubinhos que dão textura e sabor ao prato…

Para o principal, eu escolhi Pernil de porco com feijão fradinho e couve crocante, e o Thi foi de Arroz de cogumelos.
O pernil estava animal! Super macio, úmido, cozido à perfeição. O acompanhamento de feijão, super cremoso, também estava ótimo. A couve crocante dava uma textura diferente ao prato. Aprovadíssimo!

Barriga de porco, um dos pratos do menu executivo do Epice
Pernil de porco, um dos pratos do menu executivo do Epice

O arroz de cogumelos foi outro ponto alto. Os cogumelos estavam deliciosos, e o arroz era tão saboroso que dava pra comer tigelas e mais tigelas. No fundo do prato, um pouco de mostarda deixava o sabor ainda mais intenso. Não dá para não provar.

Arroz de Cogumelos, do menu executivo do Epice
Arroz de Cogumelos, do menu executivo do Epice

Não sei dizer qual dos dois foi o meu preferido.

Super satisfeitos com os pratos, fomos às sobremesas.

Eu fui de Picles de morango com ricota. Gostei bastante do morango, que tinha um sutil sabor avinagrado do picles.

Sobremesa do menu executivo do Epice
Sobremesa do menu executivo do Epice

O Thi foi de Sorbet de Abacaxi. Estava gostoso, mas nada de morrer de amores.

Achei pequeno
Achei pequeno

Acho que os pratos foram tão incríveis, que esperávamos um pouco mais das sobremesas. Não é que estivessem ruins, estavam boas, mas não à altura do lindo menu executivo que nos foi apresentado antes.

Olhando o tamanho das porções nas fotos, pode ser que você ache os pratos pequenos. Mas não são. Tem tamanho adequado (exceto o sorbet) e saímos super satisfeitos.

Iniciamos a nossa série de menus executivo com chave de ouro. Vale muito a pena provar o Epice. Agora ganhei a coragem suficiente para encarar o menu degustação do jantar, com preço bem menos convidativo do que o almoço.

Dica que vale ouro: a água (com ou sem gás) é gratuita!

Epice (http://www.epicerestaurante.com.br/)
Rua Haddock Lobo, 1002 – Jardins – São Paulo – (11) 3062-0866
Terça a quinta, das 12h as 14h30 e das 20h as 23h; sextas, das 12h as 14h30 e das 20 à 0h; sábados, das 13h as 15h30 e das 20h à 0h.
O menu executivo custa R$ 61 por pessoa.
Metrô mais próximo: Consolação.

One comment

Submit a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *