Templo Zu Lai em São Paulo: 8 Motivos para Conhecer

Tinha um tempo já que eu ouvia falar sobre o Templo Zu Lai.
O templo budista, localizado em Cotia, na Grande São Paulo, era recorrentemente recomendado a mim por amigos que tinham ido e gostado muito. Até o meu irmão, que não é muito ligado nesses lugares, foi e amou!

Eu demorei muito para ir conhecer o Zu Lai e fiquei pensando no porquê disso. A questão com pontos turísticos da sua própria cidade é que não há aquela sensação de urgência para conhecê-los, já que parece que eles sempre estarão lá e que você morará na tal cidade por muito mais tempo. Pura bobagem.
Quanto mais eu evoluo como viajante e na minha relação com São Paulo, mais eu percebo que preciso conhecer já o que a cidade tem a me oferecer, revisitar o que ela já oferece a tempos e dar a São Paulo a mesma chance de me encantar que eu dou para as cidades distantes que eu me disponho a viajar.

Pois lá fui eu ao Templo Zu Lai. Dia de semana, dia de comemorar e agradecer por algumas conquistas da vida, dia de aproveitar o que a cidade tem de bom.

O resultado? Eu amei o Zu Lai! Fiquei encantada com o espaço e com a energia do lugar. Por isso, hoje te dou oito motivos – e algumas recomendações – para conhecer o templo budista ou para revisitá-lo, caso você já o conheça.

1.É pertinho de São Paulo.

templo budista zu lai
Dá pra acreditar que isso fica a 40 minutos de São Paulo?

 

O Templo Zu Lai fica em Cotia, com acesso muito bom e fácil a partir da Rodovia Raposo Tavares.
Da minha casa, na Vila Mariana, até lá, são 31 quilômetros, o que dá entre 45 minutos e uma hora, dependendo do trânsito.
A estrada até lá é muito boa e você não precisa se preocupar em andar por lugares esquisitos. Saindo da Raposo Tavares, são apenas 1,5 quilômetro até o Zu Lai, em uma estrada asfaltada, em boas condições e bem movimentada.
Eu me surpreendi em quão rápido eu fui e voltei, mesmo em um dia de semana, o que torna o Zu Lai um passeio perfeito de uma tarde para quem mora em SP.

Se você não considera ir de carro, aos domingos há um ônibus fretado que sai do metrô Liberdade até o templo. A saída é às 8h e o retorno às 16h. O custo é de R$ 15 por pessoa.

+ Passeios para fazer em São Paulo +

 

2. É um passeio gratuito.

templo zu lai valor da entrada
Você não paga nada para visitar o templo

 

Eu fico muito feliz de ver que em uma cidade tão cara para se viver como São Paulo, tenham surgido ultimamente diversas opções de passeios gratuitos. O Zu Lai é uma dessas opções.

Você não paga absolutamente nada para entrar no Zu Lai e ficar o tempo que quiser visitando os jardins e conhecendo o templo por dentro.
Além disso, o Zu Lai tem um estacionamento amplo e seguro que também é gratuito.

Você só vai precisar gastar dinheiro se quiser fazer um lanche ou almoçar por lá (o refeitório só fica aberto para visitantes aos finais de semana, mas a cafeteria abre todos os dias, servindo lanches e bebidas rápidas).

Não é permitido fazer piqueniques nas dependências do templo, mas você pode fazer um café da manhã ou almoço reforçados em casa e levar algum lanchinho no carro, caso fique com fome.

+ Depois de visitar o Zu Lai, dê uma esticadinha e vá almoçar no Sainte Marie +

 

3. Dá para fugir da correria da cidade.

templo zu lai
Deixe as preocupações para trás no Templo Zu Lai!

 

Uma das coisas que eu mais gostei no Zu Lai é que mesmo sendo tão perto de São Paulo, o templo tem uma energia que te permite se desligar da correria do dia-a-dia e se reconectar consigo mesmo.
A minha dica é que você deixe o celular desligado na bolsa e evite usar o aparelho durante o passeio. Aproveite o silêncio, a energia e a beleza do lugar para você se escutar, ouvir o que está silenciado dentro de você, se colocar em contato com os seus sentimentos e descansar um pouco a mente.
Se você sente que São Paulo te oprime, esse é um bom lugar para se liberar das tensões da cidade e deixar a loucura do mundo em modo stand by.

 

4. Você não precisa ser budista para frequentar o templo.

templo zu lai sp
Imagem de Buda no Templo Zu Lai

 

O Zu Lai é um espaço aberto para todas as pessoas, independente de suas crenças ou religiões. E mesmo que você não tenha nenhuma religião ou nem saiba do que se trata o budismo, pense que lá é um lugar bonito, relaxante e agradável para se estar.
Não tem a ver somente com religião ou energia cósmica, mas aposto que você se sentirá bem lá.
E quem sabe você não se interessa mais pelos preceitos budistas ou apenas aprende algo novo?

 

5. Você pode participar de atividades gratuitas.

templo zu lai atividades
Dá para meditar no Templo Zu Lai

 

Aos domingos, o Zu Lai promove algumas atividades públicas gratuitas, como palestras, prática de Tai Chi e de meditação.
Se você quiser ir lá somente para relaxar, tem lugar para você, mas se quiser tentar alguma coisa nova, lá é um excelente lugar para se iniciar no mundo da meditação, por exemplo.
Além das atividades gratuitas, também há alguns cursos e outras práticas pagas no templo, com duração mais longa.
Dá para aprender, por exemplo, Kung Fu, ou ainda, culinária vegetariana chinesa. É só se inscrever pelo site.

 

6. Você estará perto da natureza.

templo zu lai fotos
O lago de Templo Zu Lai

 

O Zu Lai não se resume só ao seu imponente templo. Não deixe de andar sem pressa pelos seus jardins e alamedas. Além de muitas árvores, pássaros e uma grande área verde, o Zu Lai ainda conta com um lago com peixes e tartarugas cercado de muita vegetação. É um ótimo lugar para estar mais perto da natureza, para sentir um ar mais puro e pra se sentir longe de SP.

 

7. É um passeio que agrada a diferentes perfis.

templo budista zu lai em cotia

Dá para meditar, tirar fotos, aprender mais sobre budismo, levar crianças para passear, pensar na vida, relaxar…
São várias as possibilidades. No dia que eu estive lá, vi homens sozinhos meditando dentro do templo, casais e grupos de amigos curiosos visitando o Zu Lai pela primeira vez, crianças aprendendo a andar nos jardins e até fotógrafos amadores apurando suas técnicas fotografando os animais ou as plantas do espaço.
É um espaço neutro, com energia boa e dá até para conversar baixinho pelos jardins. Seja qual for a sua forma de se energizar, o Zu Lai é um bom espaço para isso.

 

8. É uma oportunidade para viajar pra bem longe sem sair de São Paulo.

templo zu lai cotia

Você sempre teve curiosidade de conhecer os templos budistas do Japão, da Tailândia ou de qualquer outro país asiático mas ainda não rolou a oportunidade de fazer essa viagem dos sonhos?
Eu, que visitei templos centenários do Japão, te digo, o Zu Lai é um excelente exemplo de arquitetura, organização e respeito às tradições e fica bem pertinho de casa.
Confesso que mesmo já tendo visitado tantos templos na vida, fiquei surpresa e boquiaberta com a imponência e beleza do Zu Lai. Ele em nada fica devendo a outros templos que visitei, fora do Brasil. É diferente, mas não menos interessante.
Por isso, eu digo, você que quer conhecer templos mas ainda não conseguiu viajar para fora do Brasil, vá conhecer o Zu Lai, pois ele é um ótimo exemplo de templo brasileiro!

+ Conheça os templos de Kyoto, no Japão +

Se as minhas dicas convenceram você a programar uma visita pelo Templo Zu Lai, não deixe de seguir algumas recomendações antes de ir até lá:

  • Leia cuidadosamente as regras de conduta e etiqueta budista no site e o mais importante, siga-as.
  • Mesmo fora do templo, procure não falar alto ou fazer brincadeiras barulhentas entre o seu grupo. Todo o espaço é de relaxamento e conexão interior. Respeite isso!
  • V´a sem pressa e reserve um tempo para você!
  • Dê preferência para os dias de semana, mais calmos. Eu nunca fui aos finais de semana, mas já soube que há muito barulho e até filas para entrar no templo.
  • Há monges que moram e “trabalham” ali. Respeite o espaço.

 

Enquanto eu escrevia esse post, abri o Instagram e me deparei com uma foto do blog Trilhas e Cantos, que trazia a seguinte frase, com a qual eu termino este post: “O viajante sábio nunca despreza o próprio país.” William Hazlitt.

 

Templo Zu Lai (http://www.templozulai.org.br/)
Estrada Fernando Nobre, 1461, Cotia, SP. (11) 3500-3600.
O templo é aberto à visitação de terça a sexta, das 12h às 17h; sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h. Não abre às segundas, mesmo que seja feriado.

Reserve o seu hotel em São Paulo por esse link do Booking. Você não paga nada a mais pela reserva e o Magali Viajante ganha uma pequena comissão, o que nos ajuda a continuar trazendo informações de viagens para você!

Compre o seu seguro de viagem pela Seguros Promo. Usando o código MAGALIVIAJANTE05 você ganha 5% de desconto na sua reserva.

Tenha internet ilimitada em qualquer lugar do mundo com a Easy Sim 4U.

 

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, Instagram,Twitter e YouTube. Segue lá!

 

2 comments

  • Oi Magali.
    Gostaria de fazer uma observação para a chamada deste post. Está escrito Templo Zu Lai em Campinas e a localização é em Cotia, como relatou.
    Seu blog é muito útil e deve ajudar os viajantes… Boas e novas viagens….
    Obrigada, Renata

    • Oi, Renata,

      Obrigada pela observação!
      Você pode me dizer onde leu essa chamada e me mandar um print dela? Porque eu olhei no post, no Facebook, no Instagram e não achei a palavra Campinas. Me ajuda?

Submit a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *