PROVANDO CORAÇÃO DE BOI, O FAMOSO ANTICUCHO | Comidas Bizarras #12

Você teria coragem de comer coração de boi?

+ Assista todos os episódios de Comidas Bizarras aqui +

Pois saiba que o ingrediente é uma verdadeira iguaria em países como Bolívia e Peru? Conhecido por lá como Anticucho, ele é servido na forma de um espetinho, como um churrasco.

A boa notícia é que você não precisa ir até esses países para provar o coração de boi. Na Feira Kantuta, que fica no bairro do Pari, em São Paulo, dá para provar o tradicional anticucho boliviano, servido com batata cozida e pimenta de amendoim.

O Thiago, que adora anticucho desde que morou no Peru, em 2007, foi lá provar a versão boliviana e conta pra vocês o que achou em mais um episódio da websérie Comidas Bizarras.

+ Dicas de onde comer muito bem em Lima, no Peru +

Além de espetinho de coração de boi, que pode ser um pouco difícil para algumas pessoas, a Feira Kantuta tem outras comidas deliciosas, como a saltenha de fricassé ou de carne picante do Los Caporales, mas o passeio é super legal mesmo que o seu foco não seja a comida.
A feira acontece todos os domingos e é um verdadeiro reduto da comunidade boliviana e peruana em São Paulo.  Vale a pena a visita!

+ Lá na Kantuta dá pra comprar chia e linhaça para fazer esse delicioso Banana Bread vegano +

Eu já comi o coração de boi mas não vou contar o que eu achei, vocês vão ter que assistir ao vídeo para descobrir.

Mas e você, encararia? Quais outras comidas bizarras que gostaria de ver o Thiago provando? Deixe suas sugestões na caixa de comentários abaixo.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, Instagram,Twitter,YouTube e até Snapchat. Segue lá!

4 comments

  • Legal !!!
    Gostei de saber desta feira e desta iguaria.
    Quem sabe eu não arrisco qualquer dia destes.
    Bacana estes vídeos, viu !!!

    • Oi Bruna,

      Super encaro!

      Adoro carne de veado, mas nunca provei o coração. Nem sabia que dava pra comer, na verdade, mas a sua coragem me inspirou.

      Valeu pela visita, um abraço!

Submit a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *