Pão Com Carne: Finalmente Conhecemos essa Hamburgueria do Itaim

Sabe aquele dia que você tá com vontade de comer alguma coisa gostosa, mas sem ter que se preocupar com a experiência do lugar? Não quer ter que se arrumar pra ir comer, socializar, ficar horas conversando na mesa, vendo quem está pelo pedaço?
Aqueles dias que você está cansadão e só precisa resolver a necessidade de comer bem, sem frescura e ir pra casa dormir?

+ Descubra o que fazer em SP neste final de semana +

Pra esses dias, vá ao Pão com Carne.
pão com carne
Várias pessoas já tinham me falado deste lugar, que tinha um dos burgers mais gostosos de SP. Ficamos na expectativa e tentamos ir uma vez, mas estava fechado por causa de um feriado. Essa semana, depois da academia, suados e cansados, fomos matar a fome lá.

O Pão Com Carne fica em um imóvel minúsculo (minúsculo mesmo, tem espaço para umas dez pessoas sentadas) no Itaim onde antes ficava o Pão e Talho, casa que também fiz um review aqui no blog, lá em 2014.
A simplicidade do nome dá o tom do que você vai encontrar lá: pão e carne e batatas fritas e bebidas. Uma sobremesa ou outra, de vez em quando e só.
Talvez focar na simplicidade seja o grande trunfo dos caras, já que eles se especializam em uma coisa só e tentam fazer isso muito, muito bem (me lembrei da Steam Whistle Brewing, cervejaria do Canadá que só produz um tipo de cerveja).

Como disse, o imóvel é bem micro, e como o lugar tem ficado famoso, é comum encontrar filas na porta e se sentir em uma lata de sardinha ali dentro.

pão com carne itaim bibi
Não guarde lugar, meu!

Pra sentar, não rola de guardar lugar ou ir em grupos grandes, a prioridade é de quem está com o lanche na mão. Pegou o lanche, sentou, comeu, foi embora. Rápido, prático e indolor.

pão com carne hamburgueria
Dá pra comer na calçada, nestes latões transformados em mesa

As pessoas parecem não se incomodar em comer no banquinho na calçada e mesmo em pé. Também dá pra pegar o lanche e levar pra casa. Uma outra dica é ir comer na praça de alimentação do Kinoplex, localizada a poucos metros dali. Seja em pé, sentado, com frio ou dentro do carro, não importa, o importante é você não deixar de experimentar o lanche deles.

pão com carne itaim
Viu um pedaço de calçada no Itaim bonitinho e cheio de gente? É lá mesmo!

+ Ali pertinho tem a La Guapa Empanadas, boa que só +

No cardápio, quatro opções apenas: Hambúrguer (R$ 15), Cheeseburger (R$ 17), Cheese salada (R$ 19) e Cheese Bacon (R$ 21). Se quiser, você também pode adicionar ingredientes extras, como cebola caramelizada, queijo e bacon, todos por um preço bem amigo, custando R$ 1 (caso da cebola ou tomate grelhados) ou R$ 2 (bacon, salada, cebola caramelizada e queijo). Bem honesto, nada a ver com casas que cobrar R$ 5 pra adicionar uma fatia de cebola crua…

pão com carne itaim bibi
O cardápio, tão pequeno quanto a casa.

A partir daí, você escolhe o seu queijo, que pode ser prato ou cheddar, o ponto da carne, se quer batata ou não, sua bebida (refris, sucos enlatados e algumas opções de cerveja), paga no caixa e espera ser chamado pelo nome.

pão com carne restaurante
O caixa e o broiler ao fundo: atendimento bastante simpático

Pra beber, nós pedimos um Baer-Mate, um refrigerante de mate bem diferente e gostosinho pra quem gosta de mate (se você não curte muito mate, não peça, pois o sabor é bem fiel, ainda bem). Ele é pouco doce e muito comum em Berlim, de onde veio a inspiração. O Baer-Mate não está disponível para venda em lojas, apenas em alguns eventos e compra online. Gostamos bastante de conhecer algo diferente e sair dos terríveis produtos da Coca-Cola.

baer mate
Baer-Mate: refrigerante alemão de mate

Pedimos também uma porção de batata frita (R$ 8), que é bem servida e dá tranquilamente para duas pessoas. A batata segue a linha tradicional, daquelas mais fininhas e estava gostosa e bem feita, sequinha e crocante. Mas não é nada de outro mundo, viciante, que não dê pra parar de comer. Talvez por isso o nome do lugar não seja Pão com Carne e Fritas.

pão com carne
Batata frita: fininha e gostosa

Para os lanches, eu pedi um Cheese Salada com cebola caramelizada e queijo cheddar e o Thiago foi de Cheese Salada Bacon com queijo prato, ambos ao ponto.
Depois de alguns minutos, uns dez no máximo, recebemos a bandeja com o pedido completo, incluindo a batata e a bebida.
Os burgers estavam bem bonitos, mas pareciam ser um pouco pequenos, o que se revelou uma mentira completa no final da refeição. Eles parecem pequenos, mas não são.

Dei a primeira mordida no lanche do Thi e cadê meu bacon, moço? Procuramos o danado, que não estava lá.
Fomos no caixa reclamar e o cara nem discutiu, pegou o lanche e tacou-lhe uma generosa porção de bacon dentro. Tentamos pagar pela diferença, já que não havia sido marcado o bacon em nosso pedido, mas eles não deixaram. Como eu sempre digo aqui, não tem problema errar, a questão é como se resolve o problema. E aqui eles resolveram rapidinho, sem mimimi e nos deixaram muito satisfeitos.

pão com carne hamburgueria
Apareceu o bacon!

De posse dos lanches corretos, começamos a comer e ficamos bem felizes com os sabores. Comum aos dois lanches, o pão era de boa qualidade, macio, úmido, estava quentinho e segurava bem os sucos da carne, sem ficar empapado. Ótimo.
O burger, que parecia ser pequeno, era bem largo e tinha um tamanho bom. Muito sabor de carne, bem temperado, no ponto certo. Excelente.
Salada fresca e gostosa completavam os dois burgers.

pão com carne itaim
O meu Cheese Salada com cebola caramelizada: delicioso!

Individualmente, os lanches tinham algumas diferenças. Ambos os queijos eram bons, mas o meu, o cheddar, surpreendeu pela qualidade. Não era aquela massa gosmenta que fica pingando, mas um queijo bom, levemente derretido, saboroso e que agregou sabor ao burger.

O bacon estava crocante, mas achamos que o lanche todo ficou um pouquinho salgado com a combinação carne + bacon. O ideal, pra nós, foi só carne mesmo.

Mas a estrela da noite, que nos fez lamber os dedos, foi a cebola caramelizada. Primeiro, vinha bastante e ela estava bem feita, doce na medida, molinha e suculenta. Dava pra comer só ela, de colher.

O meu lanche, que tinha cheddar e cebola caramelizada, foi apelidado pelo Thiago de primo milionário do Cheddar McMelt. Imagina se a ideia desse sanduíche fosse transformada em um burger bom de verdade. É só ir no Pão com Carne que o sonho vira realidade.

Todos os lanches acompanham um potinho de maionese da casa, que é bem temperada e gostosa, mas achamos um tiquinho grossa. Se fosse um pouco mais fluida, seria ótima. Para os viciados em maionese, o potinho é pequeno, mas não precisa se desesperar, é só pedir mais que o condimento é cortesia da casa.

Pra completar, o lanche é muito bem montado e não se desfaz na sua mão. Estava muito saboroso e entrou na nossa lista de excelentes hambúrgueres de São Paulo.
Se é o melhor, sinceramente não sei, mas ele está no páreo com concorrentes fortíssimos, como o Bullguer e Monday Night.

+ Bullguer: um dos melhores burgers de SP +

No final, fiquei bem curiosa pelas sobremesas feitas pela mãe de alguém da casa, mas elas não estavam disponíveis no dia. Pena.

Saímos de lá de barriga bem cheia – o burger se revelou mais que suficiente para uma pessoa faminta -, de missão cumprida, afinal, comemos uma coisa boa e fomos embora, sem frescura, e ficamos felizes de conhecer mais um excelente burger da cidade. Minha boca encheu de água só de escrever esse post. Vai lá!

Ah! E os preços, excelentes. Não pesa no bolso e ainda aceita o vale coxinha da firma.

Pão com Carne (http://www.paocomcarne.com.br/)
Rua Joaquim Floriano, 595 – Itaim Bibi – SP – (11) 3589-6626 – Estação de trem mais próxima: Cidade Jardim (1,8km).
Segunda a sexta, das 12h às 16h e das 18h33 às 22h34 e sábados, das 12h às 22h34.
Gastamos R$ 55. Sério.

Pra evitar filas, vá em horários alternativos e em grupos menores.

Quais são suas hamburguerias favoritas em São Paulo? Deixe nos comentários abaixo.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, Instagram,Twitter,YouTube e até Snapchat. Segue lá!

 

One comment

Submit a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *