O Que Fazer em Nara, no Japão

Nara é uma cidadezinha japonesa encantadora pertinho de Kyoto e de Kobe, no Japão, que vale separar ao menos um dia de sua viagem para conhecer.

o que fazer em nara
Um templo escondido no meio das árvores de Nara, no Japão

 

Reserve o seu hotel em Nara

A cidade é ótima para um bate-volta desde Kyoto, a uma hora e meia de trem de lá, ou desde Kobe, que fica a duas horas da cidade.
Dá pra ir cedinho, aproveitar o dia lá e pegar o trem de volta para a cidade em que você estiver hospedado no fim da tarde. Dormir lá também pode ser uma boa opção para seguir viagem no dia seguinte de manhã.

+ Veja como é o passeio para Piedras Rojas, no Atacama +

Eu passei uma tarde na cidade e gostei muito. Como outras cidades pequenas do Japão, Nara é um destino para explorar com calma, sem pressa, sem correr de um templo a outro. E no post de hoje eu conto o que fazer em Nara, com 5 dicas para explorar a cidade.

1. Percorrer a cidade de bicicleta

o que fazer em nara
Dá para você parar a bicicleta e ficar observando a vida tranquila de Nara e seus atrativos

 

A primeira coisa que você deve fazer quando chegar em Nara é alugar uma bicicleta.
A cidade é toda plana e fica uma delícia percorrer todas as ruas e templos dessa maneira, o que te faz ganhar tempo além de ser super legal.
É muito comum percorrer Nara de bicicleta e você verá vários turistas japoneses fazendo isso. Eu estava com um casal de amigos japoneses e eles me disseram que este é o melhor jeito de visitar Nara.
Infelizmente nós fomos em um dia que a cidade estava muito cheia e não haviam bicicletas disponíveis na loja que fomos. Ficamos com preguiça de procurar mais e acabamos fazendo tudo a pé mesmo, mas eu tenho a impressão de que teria visto mais coisa em menos tempo se tivesse ido de bike.

Existem várias casas de aluguel de bicicleta por lá e eles também alugam cadeados e capacetes. É só pegar a sua pelo tempo desejado e ir passear!

Se for época de cerejeiras ou de koyo, o seu passeio vai ficar ainda mais lindo e você pode descobrir cantinhos inexplorados pelos turistas mas cheios de beleza e árvores floridas.

Nara tem diversos templos e construções históricas e o legal de alugar uma bike é ir pedalando sem rumo e descobrindo tudo por conta própria, ao seu tempo.

Eu acho que mesmo se não tivesse conhecido nenhum templo em Nara, somente percorrer a cidade vendo as casas, a natureza e a vida das pessoas, já teria valido a pena. É tudo tão bucólico, tão calmo e tão nostálgico, que você acha mesmo que o tempo passa mais devagar por ali. E isso vale para várias cidades do Japão, não só para Nara.

 

2. Visitar o Nara Koen, ou Parque de Nara

o que fazer em nara japão
Cerejeiras no Parque de Nara

 

Coisa comum em todo o Japão, os parques são muito bem cuidados e um bom lugar para você visitar, passear e relaxar. Com o de Nara, o Nara Koen, não seria diferente.

As ruazinhas vazias que você percorreu de bike ficarão para trás e aqui você verá muitos turistas. Mesmo assim vale a pena.

O parque é super bonito e bem conservado, com muitas áreas verdes e templos dentro dele. Ele é considerado pelo governo japonês um dos “locais de beleza cênica” do país.
Tem também lojinhas de souvenir e comidinhas e é uma delícia tomar um sorvete enquanto passeia tranquilamente pelo parque.

Mas uma das maiores atrações do parque de Nara é o nosso item seguinte…

 

3. Interaja com os cervos

o que fazer em nara
Esse aí parecia que estava posando para a foto

 

Eu sempre fico meio pé atrás com atrações com animais, mas em Nara, eles fazem parte da paisagem e não são de forma nenhuma explorados ou maltratados.
Aliás, os shika, que é como os japoneses chamam os cervos são considerados tesouro nacional do Japão, quase que sagrados. Por ali, eles vivem livremente e bem adaptados entre os humanos.

Quando eu digo interagir, não é pra pegar no colo ou subir em cima dele, obviamente, até porque isso não é permitido. Mas você pode tirar fotos e até dar comida para eles, já que são vendidos saquinhos de biscoito e outros alimentos próprios para isso.

Eles são bem pacíficos e não costumam atacar, mas como não é um animal doméstico, preste atenção. Não “irrite” o bichinho e tome cuidado com crianças, para que os cervos não machuquem elas sem querer.
Atenção também com qualquer comida que você tiver dentro da bolsa e em sacolas. Eles vão atrás da comida e rasgam qualquer tipo de sacola para conseguir comer o que tiver lá dentro. E nem adianta querer brigar com eles. Na verdade, Nara é a casa deles. E nós que estamos lá “invadindo” o espaço.

Mas aproveite. Eles são fofos e dá pra se divertir dando comida e tirando fotos com eles. Eu gostei!

+ 11 coisas que você não deve fazer no Japão +

4. Visite o templo Todai-ji

o que fazer em nara
Templo Todai-ji, em Nara

 

Você provavelmente ouviu falar do Buda gigante de Nara.
Pois ele fica dentro do templo Todai-ji.
O chamado Daibutsu, ou Buda de Nara, tem cerca de 15 metros de altura e é realmente impressionante o tamanho que tem. Só para se ter uma ideia, cada olho dele mede 1 metro de largura! É um baita de um olhão!
O Daibutsu fica sentado em cima de uma flor de lótus, o que representa pureza espiritual. A riqueza e a exuberância dos detalhes deste Buda são muito bonitos.

o que fazer em nara japão
Eu sei que o Buda parece pequeno nessa foto, mas não se engane, pois ele é enorme

 

Atrás do Buda, há uma parte bastante divertida do Todai-ji. Trata-se de uma viga de madeira com um vão estreito no meio, rente ao chão, em que pessoas se aventuram para passar dentro.
O buraco é uma reprodução do tamanho da narina do Buda e reza a lenda que quem conseguir passar dentro dele será iluminado. Eu não passei, mas vi várias pessoas fazendo isso e achei interessante.

Fora o Buda, seus olhos, sua narina e seu tamanho, o Todai-ji é um templo muito bonito por dentro e por fora e rende ótimas fotos.

 

5. Coma buta jyu, um prato típico de Nara

o que fazer em nara
Buta jyu, prato típico de Nara

 

Um dos pratos originais de Nara é o buta jyu, um prato feito com carne de porco com molho levemente adocicado servido sobre arroz e coberto com cebolinha. Ele é servido no bento box, tipo de caixinha de refeição japonesa.
Talvez você já tenha ouvido falar no butadon, uma variação deste prato.
A diferença é que o butadon é servido em um donburi, uma espécie de bowl e o buta jyu, no bento.

Assim como em todo o Japão, encontrar comida boa é muito fácil e o nível de todos os restaurantes, desde o mais simples, costuma ser muito bom.

Eu comi no Happo, um restaurante indicado pelos meus amigos japoneses que recebia muitos turistas e também japoneses, perto da estação de trem Kintetsu-Nara.
O buta jyu de lá estava delicioso e era servido com missoshiro e tsukemono, um tipo de conserva japonesa.
Este prato custava 850 ienes, cerca de R$ 25 na cotação de hoje. Eu achei o preço ótimo, visto que a comida era bem servida e muito gostosa.

Essa é apenas a indicação de um restaurante que comi, mas entre em qualquer um que achar simpático. É muito, mas muito difícil mesmo errar no restaurante e comer mal no Japão. E como todos os restaurantes tem cardápio na porta, dá para saber quanto vai custar antes de entrar. Acorde o seu espírito aventureiro e aproveite para comer tudo o que der vontade.

+ 11 coisas que você não pode deixar de fazer no Japão +

Essas dicas de Nara certamente farão o seu dia por lá ser muito agradável. A cidade é bem cênica e só de escrever este post, fiquei com muita saudade do Japão.

Espero que essas dicas ajudem você a programar a sua viagem pelo país. Se tiver mais dicas de Nara, conte aqui pra mim na caixa de comentários.

E se quiser mais dicas sobre o Japão, é só assistir a websérie “Welcome to Japan” no YouTube. São 15 episódios com dicas completas pra quem quer viajar pelo país.

O Japão foi um dos países que mais gostei de visitar no mundo. Não vejo a hora de voltar pra lá. Bora comigo?

Leia mais posts do Magali Viajante sobre o Japão:

+ Quanto custa viajar para o Japão?
+ Arashiyama: bate-volta romântico na Sagano Scenic Railway
+ Vestir-se de gueixa em Kyoto: é legal?
+ Kyoto em um dia: 6 lugares para conhecer na cidade
+ 3 lugares para comer os clássicos de Osaka, no Japão
+ 6 coisas para comer em Kobe, no Japão
+ 7 razões para visitar Fukushima
+ 4 atrações para não perder em Nikko, no Japão
+ Yokohama: 6 passeios imperdíveis para passar o dia na cidade
+ 9 motivos para conhecer a fábrica da Hitachino no Japão

 

Reserve o seu hotel em Nara por esse link do Booking. Você não paga nada a mais pela reserva e o Magali Viajante ganha uma pequena comissão, o que nos ajuda a continuar trazendo informações de viagens para você!

Compre o seu seguro de viagem pela Seguros Promo. Usando o código MAGALIVIAJANTE05 você ganha 5% de desconto na sua reserva.

Tenha internet ilimitada em qualquer lugar do mundo com a Easy Sim 4U.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o FacebookInstagram,TwitterYouTubeBlogLovin e Pinterest. Segue lá!