O Que Comprar no Havaí: 9 Comidas Para Comprar no Supermercado

Quem me conhece bem sabe que eu não ligo muito para compras, mas se for comida, sou capaz de carregar uma mala cheia de itens diferentes durante uma viagem. E por isso que eu logo procurei o que comprar no Havaí quando eu fui para lá, em 2015.

Reserve o seu hotel em Honolulu

Uma das coisas que eu mais gosto quando eu viajo é ir em supermercados e ficar procurando produtos diferentes, marcas que não são encontradas facilmente no Brasil e alimentos locais. Normalmente, são nesses lugares que eu gasto mais dinheiro durante uma viagem e as lembrancinhas que trago sempre estão relacionadas com comida.

+ Aprenda a separar a clara da gema do ovo e arrase nas receitas +

E no Havaí não foi diferente. Lá não é exatamente o paraíso das compras, mas tem algumas coisinhas que você não pode deixar de comprar no mercado de lá e quem sabe, se sobrar um espacinho na mala, trazer para comer em casa e matar a saudade da viagem.

Além de mercados pequenos (que já aviso que não tem lá tanta coisa), a ilha de Oahu tem também grandes redes varejistas, como Walmart e Whole Foods. Uma passadinha nesses dois vai resolver a sua vida quando estiver na ilha.

Por isso, fiz essa lista com 9 coisas para comprar no supermercado do Havaí. São coisas que eu comprei, experimentei e algumas delas, até trouxe comigo para o Brasil.
Já aviso também que o post de hoje terá poucas fotos, pois descobri que não tenho muitas fotos do que comprei lá, possivelmente porque quando chegava ao mercado ou quando ia comer, já estava cansada do dia inteiro de praia e sol e não tinha pique nem para tirar o celular da bolsa.

Então é só conferir e salvar essas dicas para a sua próxima viagem ao paraíso.

Vamos aos produtos:

1.Poke

poke
Poke tipicamente havaiano

 

O primeiro item da lista e prato típico do Havaí é também impossível de trazer na mala, pois trata-se de peixe fresco e cru.
Mas a boa notícia é que o poke é tão comum por lá que é possível encontrá-lo quase em qualquer lugar e você não precisa entrar em um restaurante para comê-lo.
Mercadinhos pequenos, lojas de conveniência e até o Whole Foods vendem poke (apesar de não ter agradado muito).
Mas o melhor é comprar poke em mercados de peixe, que vendem o prato fresquíssimo e com muitas variações. Eu indico o Tamashiro Market e o Yama’s Fish Market, dois mercados simples onde os havaianos compram peixe e poke e onde o prato é maravilhoso e o preço é super justo.

E já que não dá para trazer o poke na mala, aproveita para comer o prato todos os dias enquanto estiver lá.

+ Não vai para o Havaí e quer comer poke por aqui mesmo? Eu te ensino a fazer em casa +

 

2. Macadâmia

noz macadâmia
Macadâmia com mel Fresh from Hawaii

 

O Havaí é um dos maiores produtores mundiais de macadâmia e o gosto da oleaginosa por lá é um pouco diferente da que nos encontramos por aqui. Por ser mais fresca, ela é muito mais gostosa. E não é baratinha, mas não custa os olhos da cara.

Nos mercados de lá, é fácil encontrar macadâmia industrializada, vendida pura ou com adição de mel, sal, chocolate, coco e outros ingredientes.
Eu comprei vários pacotes da marca MacFarm’s, mais conhecida como Fresh from Hawaii, produzidas em Big Island, outra ilha havaiana, e as macadâmias deles são deliciosas.

É uma ótima opção de snack para a sua viagem e também de presentinho para trazer ao Brasil. Eu lembro que trouxe só um pacote para mim e comia uma macadâmia de cada vez, como se fosse a coisa mais preciosa do mundo. Pena que acabou tão rápido, eu deveria ter trazido mais!

 

3. Chocolate de macadâmia

E já que falamos em macadâmia, é possível melhorar ainda mais este produto, que já é uma delícia. Sabe como? Colocando uma camada de um bom chocolate por cima.

Uma das lembrancinhas mais comuns que quem vai para o Havaí traz é também uma das mais gostosas: os chocolates da Hawaiian Host!

Eu não sou grande fã de chocolate, mas até eu tive dificuldades para parar de comer esse, que é muito delicioso.
O chocolate é de ótima qualidade e o bombom vem com duas macadâmias grandes dentro. É incrível!

Essa marca, a Hawaiian Host, tem vários tipos de bombom com macadâmia, mas pra mim, o melhor é o tradicional, de chocolate ao leite.

Até existem outras marcas no mercado, mas vai por mim, essa é a melhor! E sempre tem promoção no Walmart.
Nem preciso dizer que eu dei uma exagerada no número de caixas que trouxe ao Brasil, né? A família adorou e eu fui mais esperta dessa vez e guardei umas três pra mim. Pena que já acabou também!

 

4. Abacaxi

Esse item é mais curioso do que gostoso e eu tenho que confessar que não comprei o abacaxi havaiano para comer ou trazer ao Brasil. É que eu provei a fruta em algum lugar e achei o que temos aqui no Brasil muito, mas muito mais gostoso!

Mas é curioso ver os turistas, principalmente americanos, enlouquecendo com os doces abacaxis havaianos e comprando ele embrulhado para presente. E olha que não custa barato não.

E o abacaxi de lá é tão famoso que dá até para visitar uma das principais empresas que produzem a fruta, a Dole Plantation. Eles tem vários tours pela fábrica, onde você pode desde visitar a plantação de abacaxi e até ver uma demonstração gratuita de como cortar a fruta. Eu preferi não fazer esse tour, pois tinha praias mais interessantes para gastar meu tempo.

O mais engraçado é no aeroporto. A imigração americana permite que você leve o abacaxi da Dole Plantation como bagagem de mão. E se você fizer uma conexão nos Estados Unidos para voltar ao Brasil, verá que uns 70% das pessoas no avião estarão carregando o abacaxi embrulhado para presente com o maior cuidado, o que denuncia que eles fizeram o tour da Dole e que tem dinheiro sobrando para gastar em um simples abacaxi de grife.

 

5. Vodka de abacaxi

vodka de abacaxi
Pau Vodka

 

O abacaxi in natura não me interessou muito, mas bastou alguém ter a brilhante ideia de destilá-lo e fazer uma vodka a partir dele para eu abrir a minha carteira e liberar os meus dólares no mercado.

A vodka que eu provei, gostei e trouxe ao Brasil chama-se Pau e é produzida em Maui, outra ilha havaiana.
A polêmica palavra Pau em havaiano significa acabada, terminada. E a explicação é que ao fazer essa vodka, eles chegaram a um produto redondo, perfeito, bem acabado. Isso é pau!

E apesar do nome engraçado, essa vodka é muito boa. Suave e macia, ela tem um aroma adocicado e no final, um leve sabor de abacaxi. É feita para ser apreciada pura, sem outros ingredientes mascarando o sabor e aromas.

Comprei no Whole Foods, não paguei caro e ainda tenho um pouco dela aqui em casa. Vou acabar com a garrafa neste final de semana!

 

6. Sal havaiano

o que comprar no havaí
Sal havaiano

 

O Havaí também produz sal, conhecido como sal de Alaea ou sal havaiano. Ele tem uma cor avermelhada, característica da argila vulcânica que é misturada ao sal ainda não refinado.
O resultado é um bom sal, que pode ser usado para finalizar pratos. Fica delicioso em cima de peixes grelhados.

Atualmente, algumas marcas vendem “sal havaiano” produzido na Califórnia, ou seja, não é o produto verdadeiro. O sal havaiano de verdade deve ser produzido em alguma ilha do Havaí, custa um pouco mais caro e dificilmente é encontrado fora das ilhas. Uma boa compra e um bom presente para aquele amigo que adora comidas diferentes.

 

7. Kona Coffee

Kona é uma cidade de Big Island, no Havaí, que ficou muito famosa pela produção de café, considerado um dos mais caros do mundo e que só pode receber o nome de “Kona Coffee” se produzido por lá.

É possível encontrar o Kona Coffee em todas as ilhas do Havaí e em diferentes versões: em pó, em grãos, já preparado e em latas de bebidas quentes e frias.

Ele é um pouco mais fraco que o bom café brasileiro e o meu jeito preferido de tomá-lo foi gelado, adoçado ou não. Nos supermercados de lá, você encontra uma grande variedade de bebidas feitas com Kona Coffee.
O bom é que dá para beber essas latinhas por lá e se você gostar muito, trazê-las, ou mesmo o pó de café, ao Brasil.

+ Aprenda a fazer Cold Brew Coffee em casa +

 

8. Mel orgânico

mel orgânico
Esse mel orgânico da Big Island Bees é sensacional!

 

Em Big Island é produzido um mel orgânico muito diferente dos que eu já tinha comido no Brasil. Além de orgânico, ele é produzido a partir de um tipo só de flor, não é filtrado, aquecido ou misturado.
Isso resulta em um mel de sabor delicado e extremamente cremoso.

Eu recomendo a marca Big Island Bees, que é delicioso e o qual eu ainda guardo um chorinho aqui em casa.

 

9. Cervejas japonesas

hitachino
Linha quase completa da Hitachino encontrada no Whole Foods de Honolulu

 

Sim, eu sei que esse último item da lista não é tipicamente havaiano, mas mesmo assim, vale a pena mencionar pela qualidade e pela dificuldade de encontrar essas cervejas no Brasil.

O Japão produz ótimas cervejas e pela proximidade com o Havaí (apenas sete horas de voo separam Tóquio de Honolulu) é muito mais fácil encontrar algumas marcas de cerveja boa japonesa por lá do que por aqui – e com um preço justo.

É o caso das cervejas da Hitachino, por exemplo. A marca exporta para o Brasil, mas apenas parte de seu portfólio.
No Whole Foods de Honolulu, por exemplo, eu encontrei a linha completa da Hitachino, incluindo algumas cervejas comemorativas por US$ 5,99. Nem preciso dizer que bebi algumas lá e já coloquei outras na mala, não é mesmo?

+ Veja como é visitar a fábrica da Hitachino no Japão +

Enfim, infelizmente não dá para trazer o sol, as praias e a vibe boa do Havaí na mala. Mas dá para gravar tudo no coração e trazer umas comidinhas e bebidas de lá para aquecer as lembranças nos momentos de saudade.
E ainda que sejam poucas as coisas produzidas realmente no Havaí, essas coisas valem a pena!

Mahalo, Havaí. Estou com saudades!

E você, o que trouxe na mala quando esteve no Havaí? Conte para mim a sua experiência na caixa de comentários abaixo!

Leia mais posts do Magali Viajante sobre o Havaí:

+ Quanto custa viajar para o Havaí?
+ 10 dicas indispensáveis antes de ir para o Havaí: Aloha Hawaii #5 | Vídeo
+ Onde comer no Havaí: Aloha Hawaii #4 | Vídeo
+ Luau havaiano: Aloha Hawaii #3 | Vídeo
+ Pontos turísticos de Oahu: Aloha Hawaii #2 | Vídeo
+ Praias de Oahu: Aloha Hawaii #1 | Vídeo
+ Aloha Hawaii: acompanhe a nova websérie da Magali no YouTube | Vídeo
+ Especial Viagem: o que considerar ao agregar mais um destino em seu roteiro?

 

Reserve o seu hotel em Honolulu por esse link do Booking. Você não paga nada a mais pela reserva e o Magali Viajante ganha uma pequena comissão, o que nos ajuda a continuar trazendo informações de viagens para você!

Compre o seu seguro de viagem pela Seguros Promo. Usando o código MAGALIVIAJANTE05 você ganha 5% de desconto na sua reserva.

Tenha internet ilimitada em qualquer lugar do mundo com a Easy Sim 4U.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o FacebookInstagram,TwitterYouTubeBlogLovin e Pinterest. Segue lá!