Magali Cozinha: Bolo de milho com goiabada

Essa onda de festa junina realmente me pegou de jeito.
Mas diz, tem como não pegar? É uma vibe boa, uma festa típica brasileira, um monte de comida gostosa e uma super oportunidade de encontrar a família e os amigos.

E aí dá vontade de ir em todas as festas juninas que acontecem, mas às vezes falta tempo, você se complica todo na agenda e acaba não indo em nenhuma.

Mas pra você não passar vontade de comer os quitutes juninos (e ainda dar aquela economizada) você pode fazer a sua própria festa. Ou ao menos, os seus próprios quitutes.
Pra colaborar com você nessa missão, hoje tem Bolo de Milho com Goiabada, um clássico das festas juninas.

Essa receita é daquelas à la Ratatouille: todo mundo pode fazer. É simples, rapidex e vai animar o seu arraiá.

Bolo de Milho com Goiabada

Magali Cozinha - Bolo de milho com goiabada - Magali Viajante
Ingredientes:

– 1 xícara de chá de manteiga sem sal
– 1 lata de leite condensado
– 4 ovos
– 3 espigas de milho cozido (eu prefiro com o milho de verdade, mas se você quiser, pode usar 1 latinha de milho sem a água, que também fica bom)
– 1 xícara e meia de chá de farinha de trigo
– 1 colher de sopa de fermento
– 200g de goiabada (aqui você pode colocar o que quiser: ameixa em calda sem caroço, doce de leite… mas eu acho o mais gostoso com goiabada mesmo)

Rale o milho cozido no ralo grosso. Deixe a manteiga em ponto de pomada e misture com o milho ralado, o leite condensado e os ovos. Bata bem até obter uma mistura homogênea.
Caso você prefira usar o milho de latinha, é só bater os quatro primeiro ingredientes no liquidificador. (Ok, também dá para fazer deste jeito com o milho in natura, mas eu prefiro misturar para ficar com uns pedacinhos do grão.)

Nessa mistura, adicione a farinha e o fermento e misture bem.
Corte a goiabada em cubinhos e misture delicadamente à massa do bolo.

Coloque a mistura em uma forma de buraco no meio de aproximadamente 24 cm de diâmetro, devidamente untada e enfarinhada.
Leve ao forno pré-aquecido a 180°C por 40 minutos.

Desenforme e tente não comer enquanto esfria. Te desejo boa sorte neste passo, porque eu devorei ele ainda morninho!
Também fica uma delícia chuchar um pedaço do bolo no Vinho do Porto… vira um bolo de milho de Ovar! Ai ai…

Você não vai mais passar vergonha naquela festinha que tem que levar alguma coisa…

Tchau! Tô indo lá comer mais um pedaço…