Los Angeles para a tia Eri e tio Kenji – Onde comer, parte 1: Restaurantes bacanudos!

O post de hoje vai especialmente para a tia Eri e o tio Kenji, que me pediram dicas de Los Angeles. Vou dividir Los Angeles em dois temas principais: onde comer e o que fazer… Serão quatro posts no total, começando hoje com restaurantes bacanudos, destes para impressionar mesmo!

LA é uma cidade muito diversa, cheeeia de latinos e com bastante opção de fast food mesmo! Mas a cena gastronômica de lá também é bem interessante, moderna, com bastante coisa diferente para conhecer. No post de hoje, trarei três opções de restaurantes legais para um jantar gastronômico mesmo (e com a conta um pouco mais gorda…), mas que mesmo assim, valem, E MUITO, a pena.

O primeiro, o Ink, é o meu preferido de Los Angeles! Este restaurante é do chef Michael Voltaggio, vencedor da sexta temporada do Top Chef, vocês assistiram? Ele tinha um irmão gêmeo na competição, Bryan Voltaggio. Eu já gostava muito dos dois na época do programa, e aí, quando decidimos ir para LA, o Thi viu que o Michael tinha um restaurante lá e já nos programamos para ir.

Image

(Olha os dois aqui!)

O restaurante é demais, ambiente lindo, atendimento excelente e nada esnobe! Ao chegar, o garçom já te serve com a água da casa, que é cortesia, e vem em uma garrafa super charmosa!

Ink, restaurante do Top Chef em Los Angeles, Estados Unidos

No menu de bebidas, o que nos chamou atenção (e que era meio que uma febre em LA) era o restaurante fazer seu próprio refrigerante, em combinações bem diferentonas, como de lavanda, hibisco com sálvia, uva… alguns eram bons, outros nem tanto! Mas de novo, a apresentação era um dos fortes deste restaurante, olha só como o refri era servido!

Restaurante Ink: chef vencedor do Top Chef, Los Angeles, Estados Unidos

(Não lembro o sabor, mas era bom pacas!)

Fomos de menu degustação – 4 tempos + sobremesa por 85 dólares por pessoa – valeu cada centavo…

O primeiro prato era um Gaspacho de blackberry, com caviar e burrata – de outro mundo! Apresentação moderna, totalmente inesperada…

Prato do Restaurante Ink: ganhador do Top Chef, Los Angeles, Estados Unidos

Em seguida, foi servido o melhor prato da noite, na minha opinião… Gnocchi de gema de ovo, cogumelos matsutake. O gnocchi tinha o interior molinho, de gema mesmo, derretia na boca, super delicado, com o cogumelo, de sabor mais pronunciado, para contrastar…

Menu degustação restaurante Ink: Top Chef em Los Angeles, Estados Unidos

(Isso sim é coisa da boa!)

Depois veio o peixe, Robalo selvagem com lulas “beef tendon” (parecia um mandiopã, hahaha) – muito, muito bom! Peixe fresco, cozido no ponto certo, crocante do beef tendon… um sucesso!

Pratos do menu do restaurante Ink: chef do programa Top Chef, em Los Angeles, Estados Unidos

(A foto tá ruim, mas o prato arrasou!)

Para finalizar os pratos, comemos Bochecha de boi, erva doce, alho negro e buttermilk… Imaginem uma carne que não resistia ao simples toque do garfo…hummm!

Confira o restaurante Ink, do chef Mike Voltaggio, vencedor do programa Top Chef em Los Angeles, Estados Unidos

(A carne está escondidinha aí embaixo!)

De sobremesa, eu não lembro exatamente o que era, mas sei que pedimos quatro diferentes que estavam sensacionais! Vocês podem ver pelas fotos!

Sobremesa do restaurante Ink, em Los Angeles, Estados Unidos. Top ChefDoces do restaurante Ink, do vencedor do programa Top Chef, em Los Angeles, Estados Unidos

Coma bem no restaurante Ink, do Top Chef Mike Voltaggio, em Los Angeles, nos Estados UnidosConheça o Ink, restaurante do Top Chef Mike Voltaggio, nos Estados Unidos, em Los Angeles

No final, para fechar o jantar com chave de ouro, o fofo do Michael Voltaggio foi super solícito e gentil em tirar uma foto conosco, além de dar um livro do restaurante autografado para a irmã do Thi, já que era aniversário dela… Ou seja, voltamos ainda mais fãs…

Chef vencedor do Top Chef, Mike Voltaggio, no restaurante Ink, em Los Angeles, Estados Unidos

(Olha a gente aí, tietando!)

Livro Volt, do Top Chef Mike Voltaggio, do Resturante Ink, em Los Angeles, Estados Unidos

(A tal da foto do livro autografado!)

Ou seja, indo a LA, com vontade de comer em um mega restaurante, vai no Ink, que vai ser top!

O que mais gostei de lá: O Michael – por ser excelente profissional, querido, sério, educado… e por não ter virado estrelinha!

O que não gostei muito: O fato de não poder estar lá, tipo… AGORA! É sério, lá é tudo bom!

Dica que vale ouro: Faça reserva com antecedência… não ache que chegará lá na porta e terá uma mesinha linda e formosa te esperando! O restaurante e mega trendy e super concorrido!

Ink (http://mvink.com/)

8360 Melrose Avenue · Los Angeles, CA – 90069 · 323.651.5866

Segundas à quintas, das 18h às 23h, sextas e sábados, das 18h às 0h.

Menu degustação: US$ 85 por pessoa. Harmonização de vinhos: US$ 50 por pessoa. Para comer a la carte, calculo que se gaste uns US$ 60, com entrada, prato e sobremesa, por pessoa, sem bebidas e serviço.

——–

O próximo restaurante recomendado não é tão incrível quanto o Ink, mas mesmo assim vale a visita…

O The Tasting Kitchen fica em Venice Beach, e é uma mistura de bar e restaurante, bem descoladinho, desses que modelos e celebrities menos conhecidas frequentam… O ambiente é super legal, recriando o espaço de uma casa, com prateleiras de livros, itens dos supostos moradores…

The Tasting Kitchen, restaurante em Los Angeles, Estados Unidos

(Reparem na prateleira de livros de gastronomia ao fundo)

Fomos no Reveillón, em busca de algo bacana para se fazer no dia 31 de dezembro… porque em LA não tem nada, além de baladas decadentes e trânsito para se fazer neste dia…

Ambiente do Restaurante The Tasting Kitchen, em Los Angeles, Estados Unidos

Como era uma data especial, a única opção era o Menu Degustação, de 5 tempos + 2 sobremesas, por 100 Obamas por pessoa. É claro que o menu não era tão moderno, elaborado e diferente quanto o do Ink, mas estava muito, muito bom…

Para começar, lá também tinha o famoso refrigerante feito na casa (uma boa invenção para fugir dos tradicionais Coca e Guaraná… os restaurantes daqui bem que podiam entrar nessa onda, né?)

Não me lembro exatamente de todos os pratos… Mas a refeição era iniciada com uma sopinha e uns sanduíches para petiscar e abrir o apetite…bom para comer entre amigos, batendo papo!

Pratos do cardápio do restaurante The Tasting Kitchen em Los Angeles, CalifórniaDrinks do restaurante The Tasting Kitchen, em Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos

A continuação era do segmento dos petiscos, com um arancini de açafrão, muito bom! (Só faltou a cervejinha…)

Pratos do cardápio do restaurante The Tasting Kitchen, em Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos

O prato seguinte era meio esquisito… mas até que era gostoso! Cogumelos Porcini crus com ricota salgada.

Bons restaurantes em Los Angeles, Califórnia. The Tasting Kitchen

A degustação continuou com Talharim de trigo sarraceno com caviar e creme fresco, massa feita na casa, nota 10, mas a porção era muito grande!

Onde comer bem na Califórnia: The Tasting Kitchen

O último prato (ufa!) foi o Brasato de carne com crosta de trufas, cebolas com vin santo e gnocchi. 

Onde comer bem nos Estados Unidos: restaurante The Tasting Kitchen

Quando a gente não aguentava mais ver comida, ainda tinham duas sobremesas (ah! mas para sobremesa tem outro compartimento na barriga, não é mesmo?). Foram elas:

Sundae de Prosecco e Pudim quente de Chocolate. Gelado de Amêndoas levemente amargas e Creme de eggnog com cerejas… Sem comentários!!!

Sobremesa do restaurante The Tasting Kitchen, em Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos]

O que mais gostei de lá: A mistura de pratos clássicos com alguns itens bem simples, mas super gostosos de comer com os amigos, como os sanduichinhos.

O que não gostei muito: O tamanho das porções, por ser menu degustação, era meio exagerado, o que não deixava a gente lamber, quer dizer, terminar o prato.

The Tasting Kitchen (http://thetastingkitchen.com/)

1633 Abbot Kinney Blvd. Venice, CA, 90291 – Tel: 310.392.6644

Segundas à domingo, das 18h até o último cliente

Menu degustação de Ano Novo: US$ 100, por pessoa. No a la carte em dia normal, sai uns US$ 50 por pessoa, com entrada, prato e sobremesa, sem bebidas e serviço.

———–

O último restaurante de hoje (até que enfim, já estou ficando com tendinite de tanto escrever), na verdade eu não fui, mas todos falam tão bem e fica em um lugar tão bacana que eu acho que vale a visita (tio Kenji e tia Eri, se vocês forem, depois contem aqui no blog o que acharam…)

O The Fat Cow é do chef celebridade inglês Gordon Ramsay (aquele do Hell’s Kitchen) e fica no The Grove, um shopping super agradável, ao ar livre, lindo demais e perfeito para um passeio de domingo à tarde (falarei mais sobre ele em um post em breve). Com ambiente bem descontraído e menu simples, com sugestões como Lobster Mac & Cheese, hambúrgueres e pizzas, o The Fat Cow promete ser o restaurante perfeito para um jantar despretensioso.

Image

(O ambiente)

Prometo que da próxima vez que eu for a LA (estou planejando para a próxima semana, sqn), irei ao The Fat Cow!

The Fat Cow (http://thefatcowla.com/) – Restaurante fechou as portas em março de 2014.

189 The Grove Drive O-10 – Los Angeles, CA – 90036 – Tel: 323.965.1050

Domingos à quintas, das 11h às 23h, sextas e sábados, das 11h à 0h.

Pelo cardápio do site, acho que fica uns US$ 45, por pessoa, com entrada, prato e sobremesa, sem bebidas e serviço.

That’s all folks! See you tomorrow!