Los Angeles para a tia Eri e tio Kenji – O que fazer por lá?

Este é o último post da série de Los Angeles e neste assunto, não sou especialista. Tenho que dizer que a minha passagem por LA foi curta e focada na comilança (como minhas viagens sempre são!), mas apesar de toda a decadência e cafonice de LA, tem coisas muito boas a se fazer por lá!

http://www.youtube.com/watch?v=yju0tRxfGGY – Link de uma música em homenagem à Hollywood!

Sendo assim, não focarei nos passeios chatíssimos típicos que todos os blogs e guias de viagens sugerem, porque sim, você tem que ver a Calçada da Fama, o Teatro Chinês, mas só uma passadinha já é suficiente… eu achei bem ruinzinho pra falar a verdade. Aqui, falarei dos lugares que eu gostei, e muito. Cinco lugares que são os must-see de Los Angeles (talvez o último só faça sentido para quem tem mais ou menos a minha idade, e queira reviver a saudosa adolescência, que já faz tanto tempo) na minha opinião. Eles fizeram a viagem a Los Angeles valer a pena:

1. Griffith Observatory
2. Getty Center
3. Venice Beach
4. Warner Studios
5. Locações do The O.C.

Antes de tudo, alugue um carro! Tudo em LA é super longe, precisa cortar estradas, e não vi tanto transporte público assim por lá! Com GPS é fácil de se achar e em todos os lugares tem estacionamento, ou parquímetro! Se você for como eu, alugue uma minivan e se sinta uma soccer mom por um dia!

Griffith Observatory

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.05.53
(Olha a frente do Griffith aí)

Dizem que daqui, se tem a melhor vista do letreiro de Hollywood.E a vista é boa mesmo, dá até para tirar umas fotinhos mais legíveis. Mas o que encanta neste lugar não é (somente) o letreiro, mas a vista em si que se tem da cidade inteira é muito bonita. Dizem que é perfeito para ver o pôr-do-sol. Além disso, o observatório e planetário em si tem atividades super interessantes para crianças e adultos.

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.06.18
(It’s Hollywood, baby!)

O que mais gostei de lá: A vista!
O que não gostei muito: O observatório estava fechado, então não pude visitar a parte de dentro.
Dica que vale ouro: Mesmo se você ver vários carros parando ao longo da estrada, continue e estacione lá em cima, quase na frente do observatório.

Griffith Observatory (http://www.griffithobs.org/)
2800 East Observatory Road, Los Angeles, CA 90027 – (213) 473-0800
Terças à sextas, das 12h às 22h; sábados e domingos, das 10h às 22h
Entrada gratuita, estacionamento também!

————————————

Getty Center

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.17.00
(Olha a arquitetura do lugar..)

Arrisco dizer que este é o meu lugar preferido de Los Angeles. Sério, não deixe de ir! A história é a seguinte, o Getty Center é um enorme complexo cultural com diversos tipos de arte: fotografia, arquitetura e exibições sobre vários temas. Quando fui, estava tendo uma grande exposição sobre a Igreja Católica e sei que atualmente, eles estão com uma mostra sobre mitologia, tudo feito por um só cara, Paul Getty, que construiu o espaço com o objetivo de levar arte gratuitamente às pessoas. A visita é sempre de graça! E vale ficar o dia inteiro!

Chegar até o complexo já é uma parte maneiríssima do passeio. Como o Getty Center fica no alto de uma montanha, você chega, estaciona o carro, e pega um moderníssimo monotrilho até lá em cima (para deixar o metrô de qualquer cidade com inveja!). Ao chegar lá, você é super bem recebido e orientado por senhoras que fornecem gratuitamente iPods com informações sobre as mostras em quase qualquer língua (tinham até separação entre português de Portugal e o brasileiro, o que tornou ouvir o material bem mais agradável!)

Fora a qualidade das exposições, você vai ficar de queixo caído, surpreendido com os jardins. Todo o complexo é rodeado por um jardim mega bem cuidado, com diversas espécies diferentes e coloridas, o que dá um super contraste com a cor branca do complexo. Você vai se sentir no céu, ou algo assim…

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.17.17
(Eu juro que me senti naquele filme do Chico Xavier que eu não assisti, Nosso Lar)

Quando estive lá, devorei cada pedacinho das exposições, pois queria ver tudo, mas juro que da próxima vez, vou levar um livro, sentar no jardim, e ficar apenas apreciando um dos lugares mais bonitos e com energia boa que já visitei! Bravo, Paul Getty!

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.15.48
(O jardim!)

O que mais gostei de lá: A vibe incrível do lugar!
O que não gostei muito: Queria ter tido mais tempo.

Getty Center (http://www.getty.edu/visit/center/)
1200 Getty Center Drive, Los Angeles, CA 90049 – (310) 440-7300
Terças à sextas e domingos, das 10h às 17h30; sábados, das 10h às 21h.
A entrada é gratuita, e o estacionamento custa US$ 15.

————————————

Venice Beach

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.23.16
(Que lugar horrível!)

Sei que a moda de LA é Santa Monica, mas se você estiver procurando um lugar mais calmo para passear, apenas para caminhar, sentar na areia e contemplar a beleza (se estiver com o boy, melhor ainda, dá um passeio bem romântico!), este lugar é Venice Beach!
Bem residencial, o grande pedaço da praia de Venice Beach não tem nenhuma loja e nem restaurantes, mas tem uma vista super linda e tranquila, para você ficar apenas curtindo e sonhando como seria acordar ali e fazer stand up paddle todas as manhãs (sonho de ser ryca!)

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.23.46
(Não preciso de mais nada na vida!)

O que mais gostei de lá: Ficar o dia inteiro sentada na cabine do salva vidas, namorando!
O que não gostei muito: Não tinha nenhum lugarzinho aberto, nem para tomar um sorvete.

Tente ir ali pertinho da Marina Del Rey, que é bem bonito.

——————————-
Warner Studios

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.31.54

Para sair um pouco dos passeios culturais e contemplativos demais, eu curti muito a visita aos estúdios da Warner.
Funciona da seguinte maneira: eles tem dois tipos de tour, o Vip, de cerca de duas horas, que visita as locações mais famosas e os estúdios, além de contar toda a história da WB; e o Deluxe, que faz um passeio de cinco horas, com informações mais completas e com almoço incluído. Você deve agendar e pagar antes, pela internet. Chegando lá na data e hora agendada, você vai direto com o seu pequeno grupo, cerca de 10 a 12 pessoas, para o tour.

Como estávamos lá na época dos holidays, não tinha nenhuma série filmando, logo nenhum ator pelo pedaço, então achamos que o almoço não era necessário (parte da diversão do almoço é poder cruzar com alguns artistas), e também não somos tão fanáticos assim por séries para ficar cinco horas por lá. Amamos o Vip Tour.

Você vai passar por locações de filmes famosos, como Homem Aranha, ver cenários de séries inesquecíveis, como E.R., descobrir que o elenco de Friends nunca filmou em Nova York (e que o central Park era na verdade um jardim furreca na parte externa do estúdio), entrar no estúdio de Friends e Big Bang Theory, o máximo, ver muito da decoração e dos figurinos utilizados nos filmes e seriados (um acervo incrível), além de ouvir toda a história sobre o estúdio, os seriados, e até algumas fofocas engraçadas sobre os atores! Os guias são ótimos e se você entende inglês, vale super a visita!

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.31.36
(O Central Perk de Friends)

O que mais gostei de lá: Visitar o estúdio de Big Bang Theory, você se sente dentro do apê do Sheldon
O que não gostei muito: Não poder tirar fotos das séries e estúdios que ainda estão em exibição 🙁

Warner Bros Studios (http://vipstudiotour.warnerbros.com/)
3400 West Riverside Drive, Burbank, CA 91505 – 877-492-8687
Segundas à sábados, das 8h15 às 16h
Vip Tour: US$ 52, por pessoa, Tour Deluxe: US$ 250 por pessoa (aff, que caro!)

———————————-

Locações do The O.C.

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.37.28
(É aqui que meus sonhos começam a se tornar realidade)

Tá bom, concordo que esta última dica é meio estranha e só faz sentido para pessoas como eu, que eram fanáticas malucas doidas de pedra por um seriado que passava lá por 2005, que se chamava The O.C. Este seriado adolescente, que foi traduzido pelo SBT com o infeliz título de “Um Estranho no Paraíso” (what?), contava a história de um menino cheio de problemas, que era adotado por uma família rica, e namorava a menina mais bonita do colégio… blá blá blá! Sei que parece idiota, mas a série era demais, com as melhores músicas e cenários, e super lançava tendência na época (Eu adorava a personagem Summer, e fazia de tudo para parecer com ela, além de sonhar todos os dias com um Ryan na minha vida… shame on me!). Bom, sei que eu era fãzona, não perdia um episódio, sabia todas as músicas, participava de comunidades no Orkut e tenho todos os boxes até hoje (que às vezes ainda assisto escondida de todos, com portas e janelas fechadas e fone de ouvido e choro horrores nos episódios tristes). Ah gente, qualé, todo mundo tem alguma coisa que se envergonha um pouco da adolescência. Eis que o Thiago surgiu na minha vida no meio da série, e sabia da minha paixão incontrolável (até hoje faço ele assistir uns episódios comigo, tadinho!).

Bom, agora que já descrevi minha adolescência inteira, vamos ao que interessa: no nosso penúltimo dia em LA, o Thiago disse que queria me levar em um lugar surpresa, que eu não podia saber onde era, e começou a dirigir para um lugar bem longe. Ele tinha pesquisado, enquanto eu dormia, os lugares das gravações do seriado, e planejou o dia para irmos lá… Ownnnnn!
Fomos perto dos estúdios onde foram filmados os episódios, fomos em um shopping que eles passaram a noite (demais este dia!), e fomos também em Redondo Beach, a praia onde quase todo o seriado se passava.

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.39.01
(Vocês lembram deste lugar? O Ryan e a Marissa sempre estavam por aqui)
Lá eu quase tive um treco ao ver que a lanchonete que eles comiam sempre existia sim, até tomamos um milk shake por lá, e que a balada que eles iam, era na verdade, um galpão abandonado! Passamos o finalzinho da tarde lá, com direito a pôr do sol romântico, e passeamos por todos os locais que eu sonhei semanalmente quando tinha uns 16 anos… (e sim, o Thi ganhou vários pontos comigo!)

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.38.44 Captura de Tela 2014-01-07 às 18.38.24
(A lanchonete existe, meu Deus!)
Ele não me pediu em casamento este dia, mas juro que eu fiquei morrendo de vontade de pedir ele, de tão perfeito que foi!

Captura de Tela 2014-01-07 às 18.36.33
(Me diz se não é pra casar?)

O que mais gostei de lá: De tudo! Arrasou Thi, seu lindão!
O que não gostei de lá: De não poder morar lá…

E você, o que achou de LA? Tem mais algum lugar maravilhoso para contar?

 

5 comments

    • Oi Fagner,

      Então cultivamos ódios (invejas) mútuos, já que morro de ódio todas as vezes que leio seus textos impecavelmente escritos, com um humor de matar e que me faz literalmente “devorar”seus textos.
      Gostaria de ter nascido assim… Ah! E com o conhecimento de cinema que você tem.
      Falando nisso, me indica um filme? Hahah, brincadeira!

      Bjo,
      Magali

  • O post já estava ótimo, mas esse final foi sensacional! Seu boy é maravilhoso, pede ele em casamento sim. Sou fanática por séries, amava The OC, o dia que encontrar um bofe que faça isso por mim eu não largo é NUNCA!

    Beijoca

    • Oi Gisele,

      Eu morri aqui com o seu comentário…
      Menina, você está mais do que certa! Quando ele fez isso, eu me certifiquei que logo iríamos casar, porque deste tipo não se encontra muito por aí não.
      Mas quando for a LA, você precisa ir ver os cenários da série. É muito emocionante para quem gosta, igual a gente…

      Meu marido tá dizendo aqui que quando você tiver com o boy, ele passa umas dicas como quem não quer nada, hahahaha!

      (Off topic: você viu que o Ryan da vida real casou com uma brasileira? Chocada!)

      Beijão

Comments are closed.