La Cevicheria: Falta Personalidade

Fico realmente bem feliz de ver que novas casas peruanas tem aberto as portas em SP. Finalmente passou a modinha, a onda “gourmetizada” do ceviche e dá para encontrar o prato em vários lugares de SP muito bons e com bom preço.

+ Quer conhecer um ceviche excelente em SP que não é peruano? Vá na Comedoria Gonzales + 

E eu, que ando na onda do ceviche e do Japão (é só ver a quantidade de posts nos últimos meses sobre os dois temas), fui conhecer mais uma nova casa.

Na verdade, não fui eu que fui atrás do ceviche, ele apareceu na minha frente. É que eu estava indo fazer um happy hour na House of Food e passei em frente a La Cevicheria.
La Cevicheria - Fachada - Magali ViajanteO lugar chamou tanto a minha atenção que eu só comi uma coisa pequena no meu Happy Hour e fui pra lá para provar o ceviche.

+ Coma um ceviche excelente e barato em Miami +

- Lousa com o cardápio da La Cevicheria - lembra um pouco o da Comedoria Gonzales, não? -
– Lousa com o cardápio da La Cevicheria – lembra um pouco o da Comedoria Gonzales, não? –

Quando entrei na La Cevicheria, achei a ideia muito legal. Um lugar pequeno, quase uma lanchonete, para comer comida peruana rápida e barata. É quase um fast food peruano. A casa é dos mesmos donos do Huaco Restobar, que eu já falei aqui no blog.
O lugar é pequeno, acomoda umas 10 pessoas e o ambiente, apesar de simples, é bem agradável.
No balcão, um pequeno ‘ceviche-bar’ onde os pratos são preparados e finalizados na frente do cliente.

- O ambiente do La Cevicheria -
– O ambiente do La Cevicheria –

+ Huaco Restobar: dos mesmos donos da La Cevicheria + 

Como sempre fazemos em casas peruanas, pedimos o tradicional Ceviche Mixto Clássico (R$ 26,90).
O ceviche, que vem em porção pequena – mas esta é a proposta da casa, oferecer pequenas porções para que os clientes possam provar várias coisas – chegou à mesa bem bonito, com peixe branco, lula, polvo, camarão, cebola roxa, batata doce, chips, milho e uma folhinha de coentro por cima.
Apesar do peixe e dos frutos do mar estarem frescos, o ceviche decepcionou pelo leche de tigre. Totalmente sem personalidade, os únicos ingredientes que era possível sentir no molho era o limão e o sal.
Nada de coentro, gengibre, cebola roxa, pimenta. Até pode ser que eles estivessem lá, mas se estavam, era em quantidade tão pequena que o limão acabou dominando tudo. Mesmo a quantidade de sal era insuficiente para padrões peruanos.

- Ceviche Mixto do La Cevicheria: faltou personalidade -
– Ceviche Mixto do La Cevicheria: faltou personalidade –

Este é o problema de uma boa parte dos ceviches de SP. São feitas tantas concessões para agradar o paladar paulistano – não coloca coentro, maneira no sal, põe só um pouquinho de pimenta – que o prato acaba sendo descaracterizado.

+ Descubra qual o ceviche preferido da Magali em SP +

Estava uma noite um pouco fria e o Thiago quis provar a Parihuela de Mariscos (R$ 18,90), um prato que ele comia muito quando morou no Peru e que não é facilmente encontrado por aqui.

- Parihuela de Mariscos: sem graça -
– Parihuela de Mariscos: sem graça –

O proprietário da casa nos informou que a sopa estava apurando e que demoraria uns 20 minutos. Não vimos nenhum problema, mas depois de uns 10 minutos, ele trouxe a sopa dizendo que conseguiu tirar antes. Resultado: sopa aguada, com sabores nada aprofundados. Faltou tempo, faltou cocção, faltou personalidade.

+ Veja como é a comida peruana de verdade, servida em Lima +

Decidimos dar mais uma chance, pedindo outro prato que sempre nos agrada: Pulpo al Olivo Palteado (R$7,90), que é polvo em uma salsa de azeitonas e neste caso, vinha com abacate também.
Dos três, talvez esse tenha sido o que mais nos agradou no sabor. Não estava incrível, mas o polvo estava com uma boa textura e a salsa, apesar de mais suave do que a tradicional, estava gostosa.
Mas esteja preparado para uma porção bem pequena: são apenas três fatias pequenas de polvo. Duas bocadas e pronto, já acabou.

- Pulpo al Olivo: Bom, mas pequeno -
– Pulpo al Olivo: Bom, mas pequeno –

+ Veja mais um lugar para comer comida peruana no Bom Retiro +

A gente tinha apetite para provar mais coisas, quiçá o cardápio inteiro, mas não animamos. Os pratos tinham um sabor tão suave, pouco apurado e sem personalidade que não quisemos mais arriscar e fomos matar a nossa fome em outro lugar.

+ Rinconcito Peruano, restaurantezinho bombado que já foi melhor +

La Cevicheria (https://www.facebook.com/LaCevicheriaPeruana?fref=ts)
Rua dos Pinheiros, 444 – Pinheiros – SP | (11) 3969-3893 – Metrô mais próximo: Fradique Coutinho (220m)
Segunda a sábado, das 12h às 23h.
Gastamos R$ 59 com os três pratos descritos acima + serviço, mas não saímos satisfeitos.

O conceito é legal, pode ter potencial, mas ainda falta MUUUUUITO pra valer a pena.
Vá no Aleja, na Comedoria Gonzales ou no El Nuevo Sabor Latino, e você vai se dar bem melhor!

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, Instagram, Twitter,YouTube e até Snapchat. Segue lá!

One comment

Submit a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *