Empada de jiló da Bela Gil | Magali Cozinha

Eu nunca tinha comido jiló.
Eu, logo eu, que prego a diversidade e o não preconceito na alimentação, que digo que devemos provar de tudo e conhecer nossos alimentos, não sabia o sabor do tal jiló. Só sabia que era amargo, pelo menos era o que todo mundo dizia.

+ Veja como passar um dia bem tranquilo em Toronto +

Tentei lembrar se alguém já havia me oferecido o legume na infância e não consegui me recordar de nenhuma memória envolvendo o jiló. Também nunca comprei, já que a propaganda negativa era grande.

Eis que essa semana, quando recebi a minha cesta de frutas e legumes semanal (eu assino o serviço da Fruta Imperfeita), me deparei com vários jilós ali, me olhando e confesso que fiquei envergonhada de não saber como lidar com eles.

Falei com o Thiago, que gosta de jiló e sempre come quando almoça fora de casa. Ele me disse que é bom, mas que tem que saber preparar para tirar o amargor.
No mesmo dia, a Bela Gil preparou em seu programa uma Empada vegetariana de jiló e eu fiquei pensando que poderia testar essa receita pra colocar aqui no blog.

Antes de me decidir, procurei referências sobre o jiló em livros e na internet. Descobri que em inglês ele chama Scarlet Eggplant, mas não obtive muitas informações além dessa.

Influenciada pela minha dieta que começa amanhã (pra dar conta das férias na praia que estão chegando) e pelo espírito saudável de segunda feira, resolvi que hoje era dia de dar uma chance à receita da Bela Gil. Eu poderia até não gostar do jiló, mas tinha que pelo menos provar o tal legume amargo.

Confesso que fazer essa receita foi uma função: ir em um lugar específico comprar farinha de arroz, descobrir como tirar o amargor do jiló, cozinhar grão de bico…
Mas no final, o meu lado Bela Gilda venceu e a receita ficou excelente. Você, que tem medo de provar jiló, não sabe o que est´á perdendo…

+ Já que é pra provar coisas diferentes, que tal um Bolo de chocolate com beterraba? + 

Empada de Jiló
(Rende 6 empadas grandes, do tamanho de um muffin)

empada assada
Ingredientes:

(Para a massa)
– 1 xícara de chá de grão de bico cozido
– 1 colher de sopa de azeite
– 1 colher de chá de sal
– ½ colher de chá de cúrcuma em pó
– ¾ xícara de chá de farinha de arroz
– ¼ xícara de chá de água gelada

jiló
A massa fica assim, bem bonita


(Para o recheio)
– 150g de jiló
– 1 cebola
– 2 dentes de alho
– 30g de azeitona verde
– 2 ramos de manjericão
– 50g de queijo parmesão
– 1 fio de óleo vegetal de sua preferência

jiló refogado
O recheio fica tão bom que dá pra comer puro


Modo de Preparo:

Comece pelo grão de bico, deixando ele de molho em bastante água de um dia para o outro. Se você não conseguir se planejar com essa antecedência, deixe de molho o máximo de tempo que puder, umas duas horas, no mínimo.
Descarte a água que usou para deixar os grãos de molho e cozinhe-os com bastante água por cerca de uma hora, ou até que eles estejam macios. Reserve.

Lave bem os jilós, retire os cabinhos e corte cada um em quatro. Não é necessário descascar. Coloque os jilós em um bowl com água, bastante sal e cubos de gelo. Deixe-os aí por uns 15 minutos. Isso ajudará a tirar o amargor excessivo do jiló.

Enquanto isso, corte a cebola, o alho e as azeitonas em cubos pequenos. Lave o manjericão e rale o queijo.

Depois que o jiló já tiver ficado o tempo suficiente na água com sal, lave-o bem e corte-o em cubos pequenos.

Em uma panela grande, coloque o óleo e refogue a cebola e o alho. Quando estiverem começando a dourar, adicione o jiló e deixe refogar por uns cinco minutos, mexendo de vez em quando. Adicione então as azeitonas e o manjericão rasgado grosseiramente com as mãos. Desligue o fogo e coloque o queijo ralado. Misture bem e tempere, se necessário, com sal. Deixe o recheio esfriar.

Para a massa, coloque no processador de alimentos o grão de bico cozido e escorrido, o azeite, o sal, a cúrcuma e misture bem.
Então adicione aos poucos a farinha e a água, até obter uma massa homogênea, úmida e bem bonita. Após colocar toda a água e a farinha de arroz, você deve obter o ponto da massa em poucos minutos, quando ela formar uma bola.

Use forminhas de empada ou se não tiver, faça como eu e prepare suas empadinhas em uma forma de muffin. Elas vão ficar maiores, mas ainda assim bem bonitas e gostosas.
Não precisa untar a forma, essas empadinhas soltam super facilmente.
Pegue um pouco da massa com a mão e forre o fundo e as laterais da forma. A massa não precisa ficar muito fina, então vá apertando-a com a ponta dos dedos na forma sem deixar a massa rasgar.

jiló receitas
A massa não precisa ficar fininha

Coloque então o recheio, somente até a borda. Pode amassar bem para que as suas empadinhas fiquem bem recheadas.

bela gil
Pode colocar bastante recheio

Cubra as empadinhas com o restante da massa, abrindo-as com a mão até formar um círculo do tamanho da superfície da forminha.

bela gil receitas
As empadinhas prontas para ir ao forno

Leve ao forno pré-aquecido a 180°C por 30 minutos.

Retire as empadinhas da forma e prove ainda quente. Você vai gostar!

Eu fiquei bastante surpresa com o resultado dessa empada. A massa de grão de bico e farinha de arroz é bem saborosa e o recheio não fica nem um pouco amargo. É verdade que mesmo fazendo todo o processo correto com o jiló, ele ainda tem um leve amargor característico dele, mas com estes outros ingredientes de sabor forte (manjericão, parmesão e azeitona), o amargor vai embora. É uma empadinha vegetariana deliciosa!

+ Veja como fazer um delicioso Hommus +

Ah, e o melhor: ela não tem glúten e se trocar o parmesão por queijo vegetal, ela vira uma empada vegana e sem lactose. É pra comer sem culpa!

bela gil cozinha
Olha só que maravilha!

Agora quando te perguntarem se você gosta de jiló, você pode responder: “Jiló? Adoro!”

Valeu, Bela Gil!

Quando fizer essa receita, tire umas fotos e marque a hashtag #MagaliViajante. Você pode aparecer no Instagram do Magali!

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, Instagram,Twitter,YouTube e até Snapchat. Segue lá!