Davvero: Gelatos Premiados no Itaim

Pra que servem as premiações dos grandes veículos?

Para prestigiar lugares de qualidade, para premiar quem tem feito um bom trabalho, para ajudar o leitor a encontrar um bom lugar para comer, para impulsionar negócios…

Os prêmios servem pra todas essas razões aí em cima e também para muitas outras, mas mais importantes que as razões é a pergunta: “Você confia nas premiações cegamente e deixa, mesmo que inconscientemente, que elas afetem a sua opinião?”

Segura a resposta aí!

Influenciada pelo buzz que a sorveteria Davvero estava recebendo ultimamente por ter ganho o prêmio de melhor sorvete do Comer e Beber da Veja SP, fui lá provar o famoso gelato.

+ Veja 46 programas para fazer em SP nesta semana +

A Davvero fica em uma rua agradável no Itaim, com diversas opções de restaurantes e lugarezinhos legais pra comer.
O ambiente é bonito, grande e com opções para sentar na varanda ou na área interna. A decoração toda branca do lugar lembra a Bacio di Latte.
Estava um dia muito quente e sentamos do lado de dentro, protegidos pelo ar condicionado.

Davvero
A frente da Davvero

Para os gelatos, você pode escolher entre copinhos de tamanhos diferentes (pequeno, médio e grande) e casquinha com uma bola ou duas. Mesmo nos copinhos, há a restrição da quantidade de sabores.
Pedimos um copinho grande com uma casquinha extra, cobrada à parte. Já achei meio antipático cobrar pela casquinha (foram R$ 2 a mais), coisa que outras sorveterias de SP não fazem, mas não me incomodei, pois é o posicionamento comercial de cada casa.
O que me incomodou é que eu já tinha ouvido falar que a casquinha deles vinha “recheada” com chocolate por dentro. Pra mim, que pedi a casquinha à parte, não foi oferecida a opção de colocar o chocolate e recebi uma casquinha simples, sem graça, sem chocolate, por R$ 2.

A casa tem cerca de 60 sabores de gelato que são rotativos e eles mudam de acordo com a aceitação do público.
No dia que fui, tinha abacate, caffe bianco, doce de leite, menta com chocolate, paçoca, manga, coco, maracujá, frutto di bosco, pistache, entre outros.
Pedimos para provar uns dois sabores diferentes e como sempre gostamos de provar coisas não tradicionais, decidimos por abacate, caffe bianco e banana com gianduia.
O copinho é bem generoso, vem bem servido, com bem mais sorvete do que os copinhos de mesmo tamanho de outras sorveterias da cidade. O que achamos mais legal, é que eles servem com um biscoitinho feito na casa por cima (se eu soubesse disso antes não teria pedido a casquinha).

davvero gelato
As opções de gelato do dia!

Começamos provando a casquinha que pedi à parte. E além de estar sem o chocolate, foram R$ 2 jogados fora, já que era daquelas casquinhas que não tem gosto de nada, sabe? Não sei se é feita lá ou comprada pronta, mas ela não agrega nada ao sorvete.

+ Já foi na Frida e Mina? A casquinha de lá é maravilhosa! +

Dos gelatos, gostamos bastante do de abacate, até por ser uma opção diferente que não se encontra muito por aí e por ter bastante gosto da fruta e boa textura.
O de café bianco é gostoso, mas nada demais. Surpreende apenas na primeira vez que você prova, depois se torna um sorvete de café que é branco. Só isso.
O mais fraco de todos foi o de banana com gianduia. Pouca gianduia, sem gosto pronunciado da banana, era um sorvete regular. O da Bacio di Latte (que nem de longe é a minha sorveteria preferida de SP) é muito melhor.

davvero itaim
O nosso pedido, com a bolachinha, a melhor coisa da Davvero

O que mais gostamos do sorvete de lá foi a bolachinha que eles servem com o sorvete. Lembra bastante um senbe japonês, mas com mais gosto. A textura e o sabor são ótimos. Eles deveriam investir mais neste biscoitinho aí, do que na casquinha sem graça que servem.

Voltando a questão da premiação, sei que todas elas contam com quesitos técnicos e parâmetros, mas no final do dia, é a opinião pessoal e profissional de uma pessoa do júri.
E sinceramente, não entendi o porquê da Davvero ter sido escolhida como a melhor de SP.
Os gelatos são bons, mas tão bons quanto muitos outros que você encontra espalhados por SP. Me pareceu mais do mesmo. Nada de novo, nada de diferente e nem de tão espetacular no sabor e nem na experiência. É só mais um bom sorvete que vale a pena parar se você estiver na região. Mas nada que me faça desviar o caminho. Pra isso, eu fico com o Le Botteghe di Leonardo, infinitamente melhor.

+ A Botteghe di Leonardo é a melhor sorveteria de SP atualmente, na minha opinião +

Apesar de todo o buzz e a comoção, a Davvero não me pegou.

Davvero Gelato Tradizionale (http://www.davvero.com.br/)
Rua Pais de Araújo, 129 – Itaim Bibi – SP – (11) 3881-6552 – Estação de trem mais próxima:
Cidade Jardim (1,3km)
Segunda a quinta, das 11h30 às 22h; sexta e sábado, das 11h30 às 23h; domingo e feriados, das 11h30 às 22h.
O copinho grande (com três sabores) custa R$ 15.

E você, já provou o gelato da casa? O que achou? Deixe a sua resposta nos comentários.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, Instagram,Twitter,YouTube e até Snapchat. Segue lá!

3 comments

  • Olá

    Seu Blog foi indicado e há algumas semanas venho acompanhando-o. Mas hoje cheguei a conclusão de que alem da falta de requinte, você não tem nenhuma competência em avaliações gastronômicas.
    Li muitos absurdos durante este tempo que acompanhei seu blog, mas confesso que desta vez, passou completamente dos limites, citando inverdades sobre a Gelateria Davvero. Você definitivamente não sabe apreciar um verdadeiro gelato italiano! Sou cliente de lá a quase um ano e os gelatos da Davvero são cremosos, tem textura e sabor. Exatamente como os melhores gelatos que você encontra na Italia.
    No seu texto você disse não saber se as casquinhas eram feitas por eles ou compradas prontas e logo em seguida se contradiz afirmando que as casquinhas eram feitas por eles. Confuso! Mas já volto a este tópico.
    A verdade é que elas não custam R$ 3,00 e sim R$ 2,00 quando pedidas à parte (casquinhas extra).
    No menu, que fica ao lado do caixa está 100% explicado que nas casquinhas pequenas (uma bola) e médias (duas bolas) acompanham SIM o calda de chocolate. A casquinha extra, é apenas UMA CASQUINHA EXTRA!!!
    Mas sinceramente, sabe qual foi o pior comentário, o qual deixou claro sua falta de conhecimento gastronômico?
    Você não conseguir distinguir a casquinha deles que exala o aroma de baunilha, gosto maravilhoso e super crocante de uma casquinha industrializada (comprada pronta) que parece mais um isopor.
    Meuuuuu Deuss!!! Vai estudar gastronomia antes de falar tantas besteiras! Isso só pode ser INVEJA!!
    Eles são bons sim, ou melhor são ótimos e incomparáveis. Principalmente se comparado com essa outra gelateria que você considera a melhor, onde há péssimo atendimento, gelatos aguados e sem sabor.
    Se você leitor desde Blog quer avaliações reais, ou seja, opniões dos frequentadores dos estabelecimentos que você pretende conhecer, acesse o http://www.tripadvisor.com.br, e compare a pontuação e colocação dos locais com os comentários individualizados de cada cliente.
    Só para constar, a Davvero, na opnião do público está em primeiro lugar no site do tripadvisor dentre os mais de 550 locais avaliados que servem sobremesa na cidade de São Paulo.
    Att.
    Luiz Gustavo

    • Oi Luiz Gustavo,

      Agradeço a sua visita e comentário.

      As postagens feitas neste blog são opiniões pessoais minhas e da equipe do Magali Viajante, sendo assim, tenho todo o direito de expressar a minha opinião sobre ter preferido a experiência no Le Botteghe di Leonardo do que na Davvero.

      Sobre a sua opinião de eu não ter requinte ou competência em avaliações gastronômicas é a sua opinião e eu respeito. Mas não concordo com você.

      Você tem razão sobre o valor da casquinha. Foi um engano e eu já arrumei o valor aqui no blog. Peço desculpas pelo erro.

      Fico feliz quando alguém discorda de mim e quer conversar sobre o assunto, mas tentar desqualificar o blog por causa de uma opinião não é uma discussão saudável.
      E eu já fui estudar gastronomia sim, já estudei aqui, já estudei fora do país e já trabalhei muito na área. Uma dica: se você não curte o blog, não concorda com o que eu falo e as postagens incomodam, é só não acessar mais. Simples assim!

      Agora, quando você quiser REALMENTE debater um assunto sem querer ofender os outros, “estamos aí”.

      Um abraço

Comments are closed.