Como Fazer Rabanadas


Motivação para a segundona…

Quando vai chegando nessa altura do ano, lá pelo final de setembro ou outubro, normalmente eu tenho duas sensações. A primeira é que o ano passou rápido demais e que eu não consegui fazer metade do que queria ter feito.
A outra sensação, e mais recorrente, é que já fiz muita coisa, estou cansada demais, que o ano já deu o que tinha que dar e que o novo ano já podia começar semana que vem.
A vontade é de pular dois meses do ano e ir direto para o Natal, se matar de comer, trocar uns presentes e entrar oficialmente de férias por uns 10 dias, até a primeira semana de janeiro.

+ Bolo de mel e amêndoas: um bolinho bem natalino +

(in)Felizmente não dá pra fazer isso, mas pelo menos dá para ter a sensação do Natal comendo algumas coisas que são típicas da festa bora pro mercado comprar um peru.

Uma dessas delícias que as pessoas adoram mas que não sei porque só comem no Natal é a tal da Rabanada.

Eu tenho que confessar que nunca fui muito fã do doce, prefiro comer pão véio com manteiga na chapa.
Mas há alguns anos eu achei uma receita (naquele velho caderninho que herdei da minha mãe) dessas bem caseiras, bem de avó mesmo, resolvi fazer e adorei.

+ Aprenda a fazer Amarelinhas de Coco, uma receita super antiga do meu caderninho + 

A receita é simples, não tem nada de ~gourmet~ ou de técnica profissional. É apenas uma receita de rabanada muito boa que vai te dar o gostinho do Natal antecipado ou te dar algum acalanto no coração nesses dias de mercúrio retrógrado.

+ Sente falta de comida de vó? Então aprende a fazer o curau de milho da vó do Thiago +

Rabanadas
(Rende 20 rabanadas)
Receita de Rabanada - Como fazer

Ingredientes:

– 1 lata de leite condensado
– 1 colher de chá de essência de baunilha
– 20 fatias de pão francês amanhecido (o famoso “de ontem”)
– 3 ovos bem batidos
– Óleo para fritar
– Açúcar refinado
– Canela em pó

Modo de preparo:

Misture bem o leite condensado com 1 xícara de chá de água e a essência de baunilha.

Corte cada pão no meio (no sentido do comprimento) para ficar com fatias grossas e compridas.

Passe as fatias de pão nessa mistura de leite condensado e depois nos ovos batidos. Escorra bem.

Em uma frigideira, esquente o óleo (mais ou menos um dedo de óleo, não precisa fritar por imersão), mas não deixe muito quente, para não queimar as rabanadas. Frite os pães neste óleo, virando-os quando um lado estiver dourado.
As rabanadas ficarão com uma cor dourada bem bonita.

Escorra em papel toalha e passe a rabanada já frita e ainda quentinha em uma mistura de açúcar e canela. Sirva imediatamente.
Fica uma delícia com uma xícara de café coado!

Até dá para comer depois, mas o bom mesmo de uma rabanada é comer quentinha, na hora.

É tão fácil que ainda dá tempo de fazer de lanche da tarde hoje!

Use a #MagaliViajante para postar as fotos das receitas que você aprender aqui nas mídias sociais. A sua foto pode aparecer no instagram da Magali.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, Instagram,Twitter,YouTube e até Snapchat. Segue lá!