Casa Di Paolo: A Famosa Casa da Serra Gaúcha Agora em São Paulo

Quem já foi para Gramado ou para outras cidades da Serra Gaúcha, certamente conhece o Casa Di Paolo, restaurante que serve a comida típica italiana da serra. A boa notícia é que desde o começo de setembro, dá para comer na Casa Di Paolo também aqui em São Paulo.

Reserve o seu hotel na Serra Gaúcha

Nós fomos conhecer o Casa Di Paolo essa semana e gostamos muito da experiência. Nós ainda não conhecíamos a casa, que tem como conceito a mesa farta italiana com comida simples, eficaz e com muita qualidade.

+ Veja o que fazer de bom em SP neste começo de primavera +

O restaurante tem apenas uma opção no cardápio, em que você paga um preço fixo e come à vontade todos os itens da casa. Porém, diferente de um rodízio ou de outros sistemas em que se come à vontade, na Casa Di Paolo tudo é servido em porções pequenas e bem apresentadas e em etapas, para que você possa aproveitar bem cada prato.
Além dos itens que são servidos diretamente à mesa, há também opções de massas e molhos que você pode pedir quando e quantas vezes quiser e essas também são servidas em porções pequenas, para que você possa provar mais de uma.

A nova casa, localizada na Avenida Bandeirantes, tem um ambiente muito agradável, com um salão amplo com capacidade para mais de 200 pessoas e com bastante espaço para receber grupos grandes, como famílias inteiras.

casa di paolo
Ambiente da Casa di Paolo, perfeito para receber a família toda

 

O atendimento é um dos pontos altos da casa. Atentos e simpáticos, os atendentes da Casa Di Paolo realmente conhecem o cardápio e os pratos servidos em detalhes. Podem fazer qualquer pergunta sobre o menu que eles saberão responder.
O atendimento profissional e muito bem cuidado me fez lembrar em muitos momentos do Fogo de Chão. E não é à toa, pois um dos sócios é ex-presidente da churrascaria. E dá para perceber que muita coisa boa ele trouxe de lá.

O cardápio, que tem como carro-chefe o Galeto al Primo Canto, traz oito opções de acompanhamento, além de seis opções de massas e sete de molho. Tudo servido à vontade, quantas vezes você quiser.

A Casa di Paolo também conta com uma bonita adega, que privilegia rótulos brasileiros, da Serra Gaúcha e italianos.

casa di paolo
Adega da Casa di Paolo

 

Nós pedimos o vinho da casa, um bom tinto com as uvas Cabernet Sauvignon e Tannat feito pela vinícola Valmarino, de Pinto Bandeira (R$ 67).

casa di paolo
Vinho da casa. Bom, mas não excepcional

 

Logo que sentamos já nos foi servido um dos pratos de boas-vindas da casa, a sopa de capeletti.

casa di paolo
Sopa de capeletti

 

Deliciosa, quentinha, bem-feita, com recheio saboroso e massa cozida no ponto certo, o prato mais tradicional da Serra Gaúcha é uma boa forma de começar o jantar. E ainda vem acompanhado por um pão caseiro bem fofinho que eu repeti várias vezes.

casa di paolo
O pão servido com a sopa de capeletti é uma delícia

 

Em seguida, é trazido à mesa o prato principal da Casa di Paolo, o Galeto al Primo Canto.

casa di paolo
Excelente galeto da Casa di Paolo

 

O galeto é bem pequenininho, abatido com 21 dias e é muito bonito e apetitoso. Vem com a pele dourada e crocante, daquelas que você tem que ignorar as recomendações médicas e comer.
Ele é extremamente suculento, macio e assado à perfeição e muito bem temperado, com uma mistura de ervas e cerveja. Eles realmente sabem como fazer um galeto bom de verdade!

Junto com o galeto vem à mesa polenta na chapa, polenta frita, queijo à dorê, salada de batata com maionese, radicci com bacon e salada de folhas.

casa di paolo
Mesa farta? Aqui tem!

 

A salada de folhas é super fresca, com folhas variadas e selecionadas e tomate seco. Salada boa, crocante, só sentimos falta de um molho para acompanhar, mas na mesa tem azeite, sal rosa e aceto balsâmico.

casa di paolo
Salada de folhas da Casa di Paolo

 

A salada de radicci com bacon também é bem gostosa. O radicci não é radicchio e nem rúcula. Eu não sabia bem que folha era aquela, mas dei uma pesquisada e descobri que é um tipo específico de almeirão.

casa di paolo
Salada de radicci com bacon da Casa di Paolo

 

Como nos foi dito, o radicci da Casa di Paolo é de primeiro corte e como só as folhas mais nobres são utilizadas, ele não tem um sabor excessivamente amargo. Uma salada simples, mas que com o bacon fica ótima.

A salada de batata com maionese estava ótima, daquelas caseironas, com gosto de casa de vó.

casa di paolo
Salada de batata com maionese

 

O resto dos acompanhamentos também eram ótimos: polenta frita bem sequinha, polenta na chapa com uma casquinha gostosa e cremosa por dentro.

casa di paolo
Polenta frita e polenta na chapa da Casa di Paolo

 

Só o queijo à dorê que não é lá grandes coisas e fica bem duro se você não comer logo. Mas foi só um detalhe, porque todas as outras coisas compensam muito.

casa di paolo
Queijo à dorê

 

Durante o jantar, os garçons trocam as porções que já estão frias por outras bem quentinhas e nem é preciso pedir. Eles também não deixam acabar nada na mesa sem trazer mais um pouco.
Fomos comendo tudo e nos deliciando com cada coisa e cada pedaço de frango, que é realmente delicioso!

Entre as massas, há a opção de spaghetti, tagliarini, tortéi, nero bianco, nhoque e penne integral. Para os molhos, você pode escolher entre molho tradicional, quatro queijos, tomate seco, funghi, alho e óleo, nocciole e manteiga e sálvia.

+ Confira dicas do que fazer em Porto Alegre +

Nós começamos com o tortéi, uma massa recheada de abóbora, com molho de manteiga e sálvia.

casa di paolo
Tortéi, a minha massa preferida da Casa di Paolo

 

Eu sou apaixonada por massa com abóbora e tenho que dizer que a da Casa di Paolo estava à altura da minha expectativa.
A massa tem uma boa textura e é saborosa, mas o que importa aqui é o recheio. Farto, adocicado, abóbora pura. Incrível!

Você pode pedir com o molho que quiser, mas como essa massa já tem muita personalidade, eu preferi pedir com um molho mais delicado e ficou ótimo.
Ah! E pra quem está de olho no açúcar e calorias, não se preocupe. Eles me garantiram que o adocicado do recheio é somente da abóbora.
Não deixe de pedir essa massa.

Em seguida, o Thiago pediu o Nero Bianco, um spaguetti branco e preto, feito com tinta de lula. O molho escolhido foi o tradicional, que é o molho vermelho com frango.

casa di paolo
Nero bianco com molho tradicional: gostinho de casa de vó

 

Se você tem vó italiana, pensa naquele macarrão que ela serviria no almoço de domingo. E se você não tem, imagina como seria o macarrão ideal feito por uma nonna. É isso. Essa massa – e principalmente o molho – tem gosto de casa, de família, de nostalgia.

Simples, sem afetação, basicamente um molho de tomate com frango. Daqueles que você quer comer quilos.

Continuando nas massas, pedimos o nhoque com molho nocciole, feito com nozes, chester e requeijão.

casa di paolo
Nhoque com molho nocciole

 

O nhoque estava bem gostoso, leve, feito somente de batatas. O molho, mais pesado, é daqueles que você quer comer em um dia frio. Delícia!

Tivemos espaço para mais uma massa e experimentamos o tagliarini ao molho funghi.

casa di paolo
Tagliarini ao funghi

 

Massa cozida no ponto certo e molho rico de funghi, espesso, com bastante sabor. Vale a pena pedir também!

Pena que não conseguimos experimentar as outras massas, mas fica para a próxima visita.

Em seguida, fomos para as sobremesas. Em alguns restaurantes do Sul, elas também estão incluídas no preço do rodízio. Em São Paulo elas são pagas à parte.

Pedimos recomendações e os atendentes nos sugeriram o Sagu com Creme, a sobremesa mais tradicional deles.

casa di paolo
Sagu com creme: sobremesa tradicional na Casa di Paolo

 

Vem uma taça de sagu beeeeeeem grande, com calda de vinho tinto e um creme por cima. É gostoso, mas muito doce para mim. Deve agradar a quem gosta de sobremesas bem docinhas.

Fez mais sucesso com a gente o tradicional Pudim de doce de leite. Servido em um potinho, ele é um pouco mais espesso que os pudins comuns e fica entre um pudim e um flan. Calda de caramelo no ponto e pudim delicioso. Recomendo!

casa di paolo
Pudim de leite da Casa di Paolo

 

O café servido é Nespresso e os atendentes perguntam a preferência de cápsula de sabor mais suave, médio ou encorpado.

casa di paolo
Café Nespresso

 

Se o objetivo era ter mesa farta, a Casa di Paolo conseguiu com louvor.

É um lugar perfeito para ir com toda a família para um almoço de domingo sem pressa, com muita comida e muitas risadas. Agrada a todos e faz bem feito o que se propõe a fazer.

casa di paolo

+ Onde comer em Curitiba +

Eu particularmente gostei bastante da casa. O que mais me agradou é que é um lugar sem pretensões gastronômicas, não quer ser gourmet e nem te ensinar como comer.
Quer apenas te servir uma comida boa, simples e que te traga boas lembranças. Pra ficar perfeito só faltou a vista da Serra Gaúcha!

Casa di Paolo (http://casadipaolo.com.br/)
Avenida dos Bandeirantes, 1663, Vila Olímpia, SP – (11) 2478-0890 – Estação de trem mais próxima: Vila Olímpia (1,8 km).
Segunda a sexta, das 11h30 às 16h e das 18h30 às 23h30; sábados, das 11h30 às 23h30 e domingos, das 11h30 às 22h.
O rodízio custa R$ 81 por pessoa.

casa di paolo
E olha que fofas as luminárias da Casa di Paolo

 

Gostei e vou voltar com toda a minha família, que é apaixonada pela Serra Gaúcha. Dá pelo menos pra matar um pouquinho da saudade.

E você, já visitou o Casa di Paolo? Me conta o que achou do galeto aqui embaixo, na caixa de comentários.

*A equipe do Magali Viajante conheceu a Casa Di Paolo a convite da assessoria de imprensa do restaurante, porém toda a experiência relatada aqui é real e as minhas opiniões e impressões pessoais foram mantidas.

*Os brincos e colares usados neste vídeo são da Orí Produções, parceira do blog. Confira seus produtos, todos feitos à mão e exclusivos.

Leia os últimos reviews feitos pela equipe do Magali Viajante:

+ Isso é Café no Mirante 9 de Julho: que lugar, que café
+12 vinhos até 100 reais para você provar

+ Omoide Sakaba: finalmente um izakaya na Vila Clementino
+ Urbe Café Bar: um bom café na região da Rua Augusta
+ Monkey Burger N’Shake: Mais uma hamburgueria na Vila Nova Conceição
+ Tan Tan Noodle Bar: boa comida asiática em Pinheiros
+ Fitó Cozinha: ótima comida brasileira e bons preços em Pinheiros
+ Marie Marie Bakery: um baita croissant e outras delícias no Tatuapé
+ Massa na Caveira: pizza artesanal e diferente na Zona Norte
+ Cozinha com Z: comida brasileira e cervejas Colorado na Vila Madalena

Quer conhecer a cena gastronômica paulista? Reserve o seu hotel em São Paulo por esse link do Booking. Você não paga nada a mais pela reserva e o Magali Viajante ganha uma pequena comissão, o que nos ajuda a continuar trazendo informações de viagens para você!

Compre o seu seguro de viagem pela Seguros Promo. Usando o código MAGALIVIAJANTE05 você ganha 5% de desconto na sua reserva.

Tenha internet ilimitada em qualquer lugar do mundo com a Easy Sim 4U.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o FacebookInstagram,TwitterYouTubeBlogLovin e Pinterest. Segue lá!