Bolos do Frei: Pra Tomar um Café na Vila Mariana


A trilha sonora nos meus fones no café…

Imperam na cidade lugares sem personalidade, sem charme, sem nenhum carisma e pessoas também e que também não se esforçam para ter nenhuma dessas características.
O resultado é que a gente passa nos mesmos lugares todos os dias sem reparar muito o que tem por ali. Passamos na frente dos estabelecimentos sem olhar pra dentro, sem tempo para saber o que tem de bom no lugar, quem são as pessoas que estão ali ou simplesmente o nome ou do que se trata o espaço.
(Mas isso é simples de entender, a gente não acha tempo nem de se olhar de verdade, vai querer saber o que está fora da gente?)

Aí nessa vida cinza e sem charme, às vezes alguns lugares chamam a atenção. Por que são bonitos, grandes, diferentes, enfim, por alguma característica que destoa daquela realidade.

E o Bolos do Frei da Vila Mariana foi assim pra mim. Na Conselheiro Rodrigues Alves, uma avenida que nunca teve muita vida além de trânsito, pessoas correndo pra lá e pra cá e o metrô Ana Rosa, o café me chamou atenção pelo tamanho.
(Se bem que essa avenida já me reservou boas surpresas: tem um mural lindo do VJ Suave na altura do número 900, o Katsudon incrível do Ajissai, uma placa da Postarte que descobri hoje no ponto de ônibus e o Ocupa Food Park, que ainda não fui, mas parece legal!).
Bolos do Frei - Fachada - Magali Viajante+ Ajissai e a melhor fritura do mundo +

Passei umas cinco vezes na frente até decidir entrar. “É bom, mas eu acho meio caro”, alguém já havia me alertado. Fui conferir por conta própria.

Eles se intitulam “Original American Coffee Cake” e a rede foi muito feliz em recriar um ambiente que lembra muito o de uma boa cafeteria americana.
Bolos do Frei - Parede - Magali ViajanteO ambiente é lindo, espaçoso, super agradável e perfeito para uma reunião (embora as que durem mais de uma hora necessitem de reserva – não entendi – se você não fizer reserva eles vão te expulsar de lá para ocupar a mesa com outros clientes? Vou ter que cronometrar minhas reuniões para durarem só 59 minutos?) ou para passar um tempo lendo um livro e tomando um café. Eu realmente gostei do espaço, da decoração e do atendimento – eficiente, rápido e educado.
Mas não gostei da música. Será que sou só eu que reparo nessas coisas?
Bolos do Frei - Ambiente - Magali ViajanteUm espaço tão bacana, que convida as pessoas para tomarem um café tranquilas e toca rádio aberta ~ com propagandas ~ em um volume meio alto?
Não acho muito inspirador durante meu café – ou a minha reunião de 59 minutos – saber que a CVC está mantendo o dólar a R$ 2,99 ou que a Mack Color tá no tubo de cola, no vidro do carro e na parede da escola…
Uma playlist bacana do YouTube ou um iPod conectado lá resolvem a situação… I’m just saying…

Mas voltando ao tema, a minha satisfação com o espaço (excluam a trilha sonora) foi inversamente proporcional à minha satisfação com a comida.

Pedi um Café Latte Gelado (R$ 8,50), um pão de queijo (R$ 4,50) e um bolo de banana toffee (R$ 8,50).
O cardápio dizia “pão de queijo mineiro”. Perguntei à atendente o que significava e ela me disse que o pão de queijo tinha um gosto bem pronunciado de queijo. Opa, esse é dos meus, pensei, e pedi.

- Cardápio do Bolos do Frei -
– Cardápio do Bolos do Frei –

+ BH tem pão de queijo mineiro bom de verdade +

Pena que o gosto pronunciado de queijo se referia a queijo ralado industrializado, que vinha aos montes em cima do pão de queijo. Além disso, o coitado era caro para o que oferecia. Bem pequeno, ao custo de R$ 4,50. Não vale.

- Tinha gosto de queijo mesmo, pena que não era o queijo certo -
– Tinha gosto de queijo mesmo, pena que não era o queijo certo –

O café gelado estava bem gostoso, feito com espresso duplo, leite, leite cremoso e açúcar. Acho que não estava adoçado, o que me deixou bem contente, mas era notável que o café usado era de boa qualidade e o leite estava bem vaporizado, bem cremoso. Uma delícia.
Bolos do Frei - Café Latte Gelado - Magali Viajante+ Onde tomar bons cafés da manhã em SP? +

Os bolos, dispostos em uma vitrine, tem uma cara ótima, de dar água na boca. Eles podem vir em fatias ou inteiros, para levar pra casa. Hoje, entre as opções havia Banana Toffee, Red Velvet, Cheesecake e um de Maçã Diet. Todos estavam com uma cara muito boa e eu escolhi o de Banana Toffee.

- Dá vontade de pedir uma fatia de cada -
– Dá vontade de pedir uma fatia de cada –

Mas também não foi um sucesso não.
O pedaço é generoso e bem bonito, super macio e com uma cobertura de toffee e castanhas, mas tem massa seca e com pouco gosto de banana. Não agradou!
Bolos do Frei - Bolo Banana Toffee - Magali Viajante
Saí de lá com a sensação de que é um excelente ambiente para tomar um café e passar um tempo tranquila, escrevendo, lendo e pensando na vida. Mas ficar no café mesmo vale mais a pena, o ambiente empolga, mas a comida não.
Bolos do Frei - Magali Viajante
Bolos do Frei – Unidade Vila Mariana (https://www.facebook.com/redebolosdofreivilamariana?fref=ts)
Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, 456 – Vila Mariana – SP – (11) 4328-0008 – Metrô mais próximo: Ana Rosa (650m)
Segunda a sábado, das 8h às 20h, domingos, das 9h às 18h.
Gastei R$ 21,50.

 

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, Instagram,Twitter,YouTube e até Snapchat. Segue lá!

3 comments

Comments are closed.