4 Atrações Para Não Perder em Nikko, no Japão

nikko japan
Uma visão geral da entrada do Nikko Toshogu


Nikko
é uma pequena e agradável cidade que nem sempre está no roteiro de brasileiros que viajam ao Japão, mas se você tiver um dia sobrando no país, vale a pena conhecê-la.

+ A Magali provou o novo sanduíche do McDonald’s. Será que vale a pena? +

Os japoneses são apaixonados por Nikko. Por causa de seus templos que são patrimônio da Unesco e importância histórica, a cidade é muito procurada durante o Oshogatsu, que é a passagem de ano. Eles acreditam que estar em certos templos no primeiro dia do ano, trará sorte para o ano todo. Por isso, a cidade fica muito cheia de turistas no Oshogatsu.
Se você não tem nenhum interesse específico em vivenciar o Ano Novo como um japonês, vale a pena visitar Nikko em outras épocas do ano, em que a cidade fica mais vazia e que você conseguirá aproveitar mais.

Eu gostei muito de Nikko. Apesar de ter ficado apenas um dia por lá, consegui aproveitar e sentir a vibração bacana que a cidade tem. E mesmo que como eu, você só tenha um dia em Nikko, tem quatro atrações que você não pode perder. A seguir:

1. Nikko Toshogu

nikko tosho-gu
Pagoda do Nikko Toshogu

 

O Nikko Toshogu é o complexo de templos mais importante de Nikko e um dos mais importantes do Japão.
É que lá fica o mausoléu do Tokugawa Ieyasu, um dos xoguns mais importantes do Japão, criador da dinastia Tokugawa, a mais longeva da história japonesa, que se manteve no poder por mais de 250 anos.

São diversos templos, mas o que fica logo na entrada irá te surpreender pela riqueza de detalhes e luxo da construção. Em toda a fachada, há lindos detalhes coloridos representando a identidade do Tokugawa Ieyasu e muito ouro foi utilizado em detalhes da arquitetura deste templo.

Lá no Toshogu você também vai ver uma escultura famosa no mundo inteiro, mas que eu só descobri o significado real quando estive lá: são os três macacos, o que não vê, o que não ouve e o que não fala.
Com certeza você já fez brincadeiras inspiradas nestes macaquinhos, mas para o japonês, eles são muito importantes e a “história” deles é ensinada para crianças pelas famílias.
Significa que a criança não deve ver o mal, não ouvir o mal e nem falar o mal.
Uma analogia para se manter no caminho correto na vida.

Quando estiver no Japão, você vai ver que em todos os templos há a possibilidade de comprar talismãs. Para quem acredita, eles servem para proteção e podem ter objetivos específicos, como segurança no trânsito, encontrar um amor ou sucesso nos estudos.
Eu não sei se acredito ou não, mas comprei alguns para mim e para amigos. Comprei porque eles são parte importante da cultura japonesa e também porque acredito que qualquer coisa que emane boa energia, fará bem pra mim.
Além de super bonitos e terem uma simbologia bacana por trás, os talismãs são ótimos presentes para amigos espiritualizados. Um daqueles presentes pensados, comprados especialmente para a pessoa.

+ Assista a todos os episódios da websérie Welcome to Japan. Tem muuuuita dica bacana sobre o país +

2. Kinu Tateiwa Otsuribashi

nikko japão
Atravessando a ponte


A Kinu Tateiwa Otsuribashi é uma ponte suspensa de 140 metros de extensão que foi construída em 2009. Ela fica em cima do rio Kinugawa, a 40 metros de altura e liga a cidade de Nikko a uma formação rochosa gigantesca chamada Tateiwa.

É possível fazer uma pequena trilha por essa pedra, mas se você não quiser se aventurar, pode somente atravessar a ponte e apreciar a linda vista que se tem do rio Kinugawa.

Pra quem vencer o medo e tiver coragem de atravessar completamente a ponte, tem recompensas: do outro lado, há o famoso carimbo para “comprovar” a sua passagem pela ponte (assim como em todo o Japão. Eu considero os carimbos um ótimo souvenir. Gratuitos, não pesam e uma lembrança ótima para se guardar dos lugares visitados). Por isso, não esqueça de levar o seu caderninho.
Tem também um sino que você pode tocar para invocar boa sorte e um “Oni”, um tipo de demônio do bem que oferece proteção para aqueles que colocarem moedas na sua cabeça. Não custa tentar, né?

Tudo no Japão é carregado de simbolismos e significados. Parte da graça da viagem é entrar na cultura e experimentar esses simbolismos.

+ Yokohama também é uma cidade muito legal. Veja o que fazer por lá +

3. Onsen

nikko no japão
Rio Kinugawa, região dos onsens

A cidade de Nikko, especialmente a região ao redor do rio Kinugawa, é muito famosa pelos onsens, as águas termais japonesas. Acredita-se que as águas dos onsens, que são sempre de fontes naturais, tenham propriedades regeneradoras e curativas, fazendo muito bem à saúde.
Uma parte importantíssima e indispensável de uma visita ao Japão é tomar banho nos onsens. Se você não fizer isso, não foi ao Japão.

Você pode se hospedar em um hotel que tenha onsen ou apenas usá-los por algumas horas, pagando um valor pelo day use.
De uma forma ou de outra, considere aproveitar os onsens dessa região, pois eles são famosos no Japão inteiro e aposto que você vai adorar a experiência.

+ Veja o que você NÃO deve fazer no Japão +

4. Almoce em um Namonaki Resutoran

nikko turismo
O restaurante que eu comi: delicioso e sem nome!

Em Nikko, é muito comum você encontrar restaurantes simples, caseiros, que não tem nada demais e nem nome na porta. São os Namonaki Resutoran, restaurantes sem nome e sem grandes atrativos, mas que normalmente oferecem uma deliciosa comida caseira por um preço bastante justo.

Eu comi em um desses que servia lámen e a comida estava excepcional.

Não se assuste pelos móveis simples, pelo jeitão de ser a casa de alguém ou pela ausência de menu. Vai com fé pois certamente você comerá muito bem!
É só achar uma casinha aberta com alguma indicação de que ali serve comida e entrar. Você não vai se arrepender.

+ Descubra 16 coisas para comprar no Japão +

À primeira vista, Nikko pode parecer uma cidade sem grandes atrativos, mas você irá se surpreender. É uma cidade linda e também uma ótima opção para descansar e ter um dia mais tranquilo, no meio da correria da viagem.

Vai por mim, pode colocar no seu dia livre no roteiro!

Gostou das dicas de Nikko? Tem outros passeios imperdíveis na cidade? Deixe o seu comentário aqui embaixo.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, Instagram,Twitter,YouTube e até Snapchat. Segue lá!