12 Motivos Para Conhecer a Cervejaria Steam Whistle em Toronto

Toronto é uma cidade de muitas atrações para todas as idades.
As crianças se divertem no aquário e nas ilhas, os adultos curtem os museus, todos se impressionam com a vista da CN Tower. Enfim, a cidade é um destino de férias que certamente agradará a toda a família.

E para quem curte cerveja ou entender os hábitos locais na hora de beber, vai se surpreender com Toronto.
Ontário, a região onde a cidade está localizada, tem uma cena de cervejarias artesanais muito forte e dá pra encontrar diversas cervejas locais a preços bem convidativos.

Uma das atrações mais procuradas em Toronto é justamente o tour de uma cervejaria. O passeio guiado pela Steam Whistle é considerado a 7° melhor atração da cidade pelo Trip Advisor e quando estava planejando a minha viagem, todos os lugares que pesquisei diziam para ir conhecer a Steam Whistle.
Se isso não for o suficiente para te convencer, hoje te dou 12 motivos para conhecer a Steam Whistle.

1. É a cerveja oficial de Toronto
steam whistle brewery
A Steam Whistle é o Peameal Bacon das bebidas em Toronto.
É a cerveja oficial, bebida nos melhores bares da cidade e também nas casas canadenses.
Apesar de ser facilmente encontrada, ela não é produzida por uma grande corporação e mantém características de uma cervejaria artesanal. Com grandes volumes, é claro, mas se mantém artesanal.
Não dá pra ir até Toronto e não tomar uma Steam Whistle. Fato.

+ Prove o Peameal Bacon, Signature Dish de Toronto +

2. Não é encontrada no Brasil

steam whistle train
Não dá pra encontrar essas belezinhas por aqui!


Nem no Brasil nem em qualquer outro lugar do mundo.
A Steam Whistle começou sendo uma cerveja de Toronto, para o povo de Toronto. Depois seguiu para Ontário e recentemente, começou a ser distribuída para todo o Canadá.
Mas é isso. Por enquanto, eles não tem intenção de exportar a cerveja para outros países. Não tem nos EUA, não tem no Brasil, na China e nem no Azerbaijão, só dá pra tomar no Canadá. Então não dá pra perder a oportunidade, né?

3. Tem uma história bacana

steam whistle wedding
Os Three Fired Guys ao fundo

A Steam Whistle é uma cervejaria que tem uma história muito bacana. Ela surgiu em 2000, originalmente com o nome de Three Fired Guys (Três Caras Demitidos). Ela recebeu este nome porque os seus três fundadores haviam acabado de ser demitidos de uma grande cervejaria canadense que havia sido comprada.
Eles então decidiram montar o próprio negócio, fazendo somente o que acreditavam e sem cometer os mesmos erros do antigo empregador.
Depois de um tempo, o nome mudou para Steam Whistle, fazendo alusão ao apito a vapor utilizado nos trens de antigamente.
A Steam Whistle foi toda criada com o conceito de “Do one thing really, really well”, ou seja “Faça uma coisa muito, muito bem”. Pensando nisso, eles produzem apenas um tipo de cerveja, a Pilsner.
Um dos objetivos dos fundadores era trazer de volta os bons tempos dos anos 50, a era de ouro da prosperidade, e por isso, eles pensaram na identidade visual, embalagem e comunicação como algo retrô, que levasse de volta aos anos 50. Uma baita estratégia de marketing que tem funcionado até hoje.

4. Fica em um edifício histórico

steam whistle roundhouse
The Roundhouse

A cervejaria recebeu este nome devido ao local onde foi instalada. Antigamente, o The Roundhouse, galpão onde a cervejaria está hoje era uma estação de manutenção da companhia de trens canadense Canadian Pacific Rail. Esses trens foram o meio de transporte que possibilitou a construção do país de costa a costa.
Hoje, não há mais oficinas por ali, mas você pode visitar o restante do complexo, que hoje é o Railway Museum, aberto ao público contando justamente a história da Canadian Pacific Rail.

+ Quer fazer amigos em Toronto? Conheça a Lokafy +

5. Localização ajuda no roteiro

steam whistle toronto
Olha o Rogers Center ali no fundo

Para efeitos de planejamento, a localização da Steam Whistle é perfeita. Ela fica bem no centro de Toronto, próxima dos principais hotéis da cidade e ao lado de grandes atrações como a CN Tower, o Ripley’s Aquarium of Canada e o Rogers Center.
Dá pra combinar ao menos duas dessas atrações no mesmo dia, ou ainda, separar o grupo de acordo com os interesses de cada um.
Isso é um grande ganho no planejamento do seu roteiro de viagem. Muitas vezes, as cervejarias ou fábricas de bebidas ficam afastadas do centro e o viajante tem que dedicar um dia inteiro somente para um passeio.
No caso da Steam Whistle é diferente: a localização é privilegiada, o acesso é fácil a partir do transporte público, o tour é rápido e você ainda pode fazer um montão de coisas no resto do dia.

6. É um ótimo presente

steam whistle for sale
Voltei carregada de presentes para casa

Como não dá para encontrar a Steam Whistle no Brasil, a cerveja se torna um excelente presente para você trazer para os seus amigos daqui.
Ela é embalada em latas (bem mais fácil de trazer na mala) ou em garrafas (pergunte para o Thiago como despachá-las na mala sem quebrar) e faz o maior sucesso quando chega aqui.
Além da cerveja, a marca tem diversos produtos lindos, que mesmo quem não curte cerveja vai adorar.
Tem abridor, moletom, camiseta, buzina de bicicleta, apito, capa de celular, cinto, boné, meia, cooler, mala, copo, tudo o que você puder imaginar.
Ah! E não são aquelas coisas com cara de promoção não. Os produtos são lindos e dá vontade de usar. E você ainda sai daqueles souvenirs manjados de sempre, não é mesmo?
Quem segue a Magali no Instagram viu que rolaram dois sorteios da marca por lá nas últimas semanas. Fica de olho que logo tem mais!

7. O tour é uma verdadeira aula

steam whistle brewery tour
Eu e o Shane, da Steam Whistle, durante o tour


A parte mais legal de conhecer a Steam Whistle é fazer um dos tours oferecidos pela cervejaria.
Eles acontecem todos os dias, das 11h30 até às 17h (aos domingos, o tour vai só até às 16h), a cada 30 minutos. Não é necessário, porém é recomendado reservar, e aos finais de semana, recomenda-se chegar cedo para garantir o seu lugar.
Os tours tem preços que variam de CAD 10 a CAD 30 (entre R$ 30 e R$ 90). O mais barato inclui o tour e degustação da cerveja, enquanto no mais caro, você leva um pack com 12 garrafas da bebida pra casa.
Em qualquer um que você escolher, terá uma verdadeira aula sobre a história da marca e o processo de produção da cerveja.
O tour é feito pelo próprio staff da Steam Whistle (eles são bem legais e animados), que explica cada processo, passando pela fábrica em funcionamento. Vale muito a pena.

+ Assista aqui ao tour que eu fiz na cervejaria +

8. Os carros da Steam Whistle

steam whistle truck
Party Bus, um dos carros da Steam Whistle

A Steam Whistle tem uma coleção de dez carros icônicos para entregar cerveja e participar de eventos. A frota tem desde o Retro Electro, uma camionete Chevrolet antiga com o motor 100% elétrico; o Chuckles, um Dodge Fargo 1956; até o Grumpy, um Chevrolet que parece saído do filme Carros.
Quem gosta de carro antigo vai pirar.
O tour não inclui a passagem pelos carros, mas é bem capaz que você veja eles circulando pela cidade e perto da cervejaria. Não esqueça de tirar uma foto e de dar tchauzinho…

9. Tem cerveja que só dá pra tomar lá

steam whistle pilsner
A cerveja comum e o chope não filtrado

Por mais que a Steam Whistle não saia do Canadá, você vai encontrá-la em quase todos os bares de Toronto.
Porém, há uma versão dela que não sai da fábrica de jeito nenhum. É a Steam Whistle Pilsner não filtrada, que só é vendida lá na Roundhouse.
Pra quem gosta de cerveja, tomar uma exclusiva é sempre uma vitória para o caderninho.
Eu tomei e posso falar? Ela é boa pra caramba!

10. A marca está envolvida em iniciativas “verdes”

steam whistle bike repair station
A estação gratuita de manutenção para bikes (a foto não está muito boa pois foi tirada do Snapchat)

Sabe aquele meme do 9gag do Good Guy Canada? Podemos transferi-lo facilmente para a Steam Whistle.
Hoje em dia, não adianta só a marca ter produtos bacanas. Queremos que ela mesmo seja bacana e composta de pessoas legais. E foi isso que vimos por lá.
A Steam Whistle está totalmente integrada com a sociedade canadense e participa de vários projetos sociais e de meio ambiente.
Eles tem mais de dez iniciativas “verdes” e já ganharam vários prêmios ambientais.
Entre as iniciativas, as garrafas podem ser reutilizadas até 45 vezes, toda a energia da fábrica é limpa e vem de fontes renováveis e o uso de bicicletas para chegar ao trabalho é incentivado.
Já que falamos das bikes, você pode encontrar estações de manutenção gratuitas para a sua bike em toda a cidade. Eles fornecem várias ferramentas para consertos rápidos, além de bombas para encher o pneu. Tudo de graça!

11. É um excelente bar

steam whistle bottle
Welcome!

Ontário tem regras bastante rígidas em relação à venda e consumo de bebidas alcoólicas (vou falar sobre isso mais pra frente, em outro post). Sendo assim, não é em toda lanchonete e restaurante que você pode beber.
A Steam Whistle, além da fábrica, funciona como um excelente bar, principalmente para quem está saindo ou chegando de um jogo no Rogers Center.
O espaço é ótimo, as cervejas tem bom preço e dizem que as comidinhas servidas por lá são deliciosas!
Se não estiver a fim de fazer o tour e quiser só tomar uma gelada, corre pra lá que é legal!

12. A cerveja é ótima!

steam whistle
O Thiago adorou a Steam Whistle!

De nada valeria tudo isso se a cerveja não fosse boa, certo?
Mas a cerveja dos caras é ótima! Fresca, fácil de beber, feita de acordo com as leis da pureza.
Não vou falar mais nada, você vai ter que provar!

Convenci você a incluir a Steam Whistle no seu roteiro por Toronto?
Agora me dá licença que eu vou ali tomar mais uma que eu trouxe na mala!

Para saber mais, acesse http://steamwhistle.ca/

*A equipe da Magali Viajante fez o tour à convite da Steam Whistle.

Gosta do Magali Viajante? Então não esquece de seguir a gente em todas as mídias sociais. Tem conteúdo exclusivo para o Facebook, InstagramTwitterYouTube e até Snapchat. Segue lá!

 

Submit a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *